ABES-MG cria Câmara Técnica de Resíduos Sólidos

 

No dia primeiro de setembro foi realizada, na Sede da ABES-MG, a reunião de criação da Câmara Técnica de Resíduos Sólidos da ABES-MG. O objetivo da Câmara é propor políticas que contribuam com a gestão dos resíduos sólidos em Minas Gerais.

Compõem a CT: Cícero Antunes Catapreta, Flávia Mourão Parreira do Amaral, Guilherme Tavares, José Cláudio Junqueira, Leila Möller, Maeli Estrela Borges, Pedro Heller, Pegge Sayonara e Rogério Siqueira.

A proposta do grupo é organizar e oferecer cursos de formação e iniciar os preparativos para o I Seminário Internacional de Resíduos Sólidos, em Belo Horizonte, em 2018.

A coordenadora da CT, Flávia Mourão, falou sobre a situação da PPP de Resíduos da Região Metropolitana e foi sugerido como tema para a próxima reunião realizar uma apresentação do SIMCRE (Sistema Integrado de Monitoramento de coleta de Resíduos Especiais) da SLU.

As reuniões da Câmara serão mensais, sempre às primeiras sextas-feiras de cada mês, às 8 horas, na sede da ABES-MG.

Cícero ficou encarregado de verificar junto à ABES-RS as questões de formalidades da CÂMARA, para registro, estatuto etc.

Flávia explanou rapidamente sobre a situação da PPP de resíduos da Região metropolitana.

Sugeriu-se que na próxima reunião haveria uma apresentação do SIMCRE (Sistema Integrado de Monitoramento de coleta de Resíduos Especiais) da SLU, ficando Pedro Heller responsável de tratar da apresentação junto à SLU e retornar aos participantes confirmando esta pauta.

 

 

 

Notícias