Apresentação

A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES - é uma organização não-governamental de caráter nacional, sem fins lucrativos, que tem como principal objetivo contribuir, através do conhecimento dos seus associados, para a melhoria da qualidade de vida da sociedade brasileira.

A sua dinâmica operacional baseia-se no desenvolvimento de um amplo leque de atividades estruturadas sobre os alicerces da engenharia sanitária e das ciências ambientais e, principalmente, mediante uma série de ações que objetivam o aperfeiçoamento profissional e acadêmicos dos associados. Desde 1966, é internacionalmente reconhecida como instituição devidamente capacitada para exercer, de forma ampla e plural, significativa liderança nos diversos setores que integram o saneamento básico e ambiental brasileiro.

Cabe à ABES estatutariamente a função de colaborar na conscientização de toda a sociedade nas questões relativas à preservação ambiental. Também está caracterizada como uma instituição referencial e participativa no estabelecimento de mecanismo de caráter social e político que possam produzir reflexos positivos na saúde e no bem-estar da população em geral.

Dispõe de uma sede nacional, no Rio de Janeiro, e representação em todas as Unidades da Federação. A ABES participa, em nível nacional e estadual, dos principais órgãos e fóruns ligados ao saneamento, como: CONAMA, Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH), CONFEA, e Conselhos Estaduais de Meio Ambiente.

Mantém convênios com instituições internacionais como: OPS, OMS, BIRD, Water Environment Federation (WEF) e International Association on Water Pollution Research and Control (IAWPRC).  Pelo intermédio de suas seções estaduais a ABES desenvolve um trabalho de valorização do setor. São de grande importância seus programas de divulgação técnica e científica, planejados em curto, médio e longo prazo que permitem aos profissionais da engenharia sanitária e ambiental ter acesso aos mais atuais métodos e às mais relevantes conquistas do saneamento básico.

Sua ação abrange a realização de seminários, simpósios, palestras, debates, cursos e, a cada dois anos, em diferentes cidades de todo o País, congressos nacionais especializados em engenharia sanitária e ambiental.