Abes-MG participa de programa sobre logística reversa na Tv Assembleia

A secretária executiva da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes-MG), Maeli Estrela Borges, falou sobre os desafios que o Brasil enfrenta para implantar a logística reversa, durante entrevista ao Programa Panorama da Tv Assembleia, na manhã desta quarta-feira (19).


A engenheira sanitarista destacou que a logística reversa é um dos eixos centrais da Politica Nacional de Resíduos Sólidos e que é fundamental aprovar uma lei específica para garantir que os incentivos cheguem aos empreendedores e a cadeia do resíduo se torne atraente economicamente.


O objetivo do programa, que também contou com a participação do gerente de meio ambiente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), Wagner Costa, é explicar o que é a logística reversa e como ela pode funcionar. Além disso, mostrar quais produtos estão mais avançados nesse processo e as dificuldades no aprimoramento desta política.

Maeli explicou que é muito importante regulamentar, através de lei específica, o modo como será efetivado os incentivos, tanto a nível estadual quanto federal. "Ainda não existe essa definição, não há redução de impostos nem linhas de crédito específico que torne a cadeia produtiva dos recicláveis economicamente viáveis e isso trava os avanços".


Wagner Costa ressaltou que houve avanços em alguns setores como o da reciclagem de pneus, embalagens de agrotóxicos, óleos lubrificantes e até pilhas e baterias mas, que o setor de eletroeletrônicos ainda é uma das mais atrasados. "Falta tecnologia de aproveitamento para esse tipo de resíduo, incentivos para torná-lo valioso na cadeia produtiva e atraente economicamente para o empreendedor", disse.


Ele também destacou que toda iniciativa tem uma fase de implantação e recebimento de recursos para depois gerar benefícios não só ao meio ambiente como também oportunidade de trabalho e renda. E que, para isso, é preciso ter injeção de capital nas pequenas empresas, garantir crédito de forma menos burocrática para que possam fazer investimentos na estrutura de seus empreendimentos.


Maeli finalizou afirmando que, além de investir na logística reversa, é preciso pensar de forma consciente o consumo e respeitar o seguinte princípio: não gerar, reduzir, reutilizar, reciclar, tratar e destinar de forma ambientalmente adequada os rejeitos.

O Panorama é um programa de entrevistas, ao vivo, que vai ao ar 8h30 e é reprisado às 19h e à 1h, quando também poderá ser visto pela TV Assembleia on Line www.almg.gov.br/tv

19-10-2011

 

Notícias