Caldas Novas recebe o XVII Encob

De 4 a 9 de outubro, Caldas Novas em Goiás, sedia o XVII Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográfica (Encob). Serão palestras, cursos, oficinas e conferências com temáticas que visam discutir a contribuição dos Comitês de Bacia Hidrográfica (CBHs) para melhoria das condições das bacias, a implantação dos planos, outorgas, investimentos e outros.

No dia 4 de outubro, uma caminhada em prol das águas e pelos comitês de bacia do Brasil abre o Encontro. Em seguida, a Agência Nacional das Águas (ANA) realiza o Seminário Água, Comunicação e Sociedade. No dia 5 de outubro, serão cinco cursos: Noções gerais de gestão de recursos hídricos; Planos de bacia como instrumento estratégico de sustentabilidade; Produtor de água; Comitês de bacia: o que é, o que faz; e Técnica de elaboração de projetos e captação de recursos. No dia 6, ocorrem as conferências: Segurança hídrica como política pública e Segurança hídrica como base para o desenvolvimento, além das mesas de diálogo: Sustentabilidade dos comitês de bacia e Turismo e água. O dia 7, fica a cargo da apresentação das experiências exitosas dos comitês e das mesas de diálogo: A importância da informação e das novas tecnologias para a gestão dos recursos hídricos e Comitê: indutor da gestão dos recursos hídricos.

O evento tem como objetivos:

Possibilitar que os Comitês de Bacias Hidrográficas identifiquem as oportunidades e desafios para a promoção da gestão integrada das águas, de forma participativa e descentralizada, de modo a apontar para toda a sociedade a efetiva sustentabilidade dos recursos hídricos;

Integrar todos os organismos, entes e segmentos que compõem e participam do Sistema Nacional de Recursos Hídricos, sejam públicos ou privados, visando possibilitar a discussão participativa e compartilhada no setor na busca pela construção de pactos que vislumbrem no médio e longo prazo a qualidade e quantidade das águas superficiais e subterrâneas;

Discutir os cenários futuros no que se refere aos recursos hídricos no Brasil e suas regiões fronteiriças visando estabelecer metas e diretrizes para a efetivação das políticas públicas ligadas à água em interface com o desenvolvimento;

Debater a interface e integração das políticas federal e estaduais compartilhadamente com os Municípios, apontando as ações necessárias para a implementação de programas e serviços que tragam a recuperação e conservação das águas; Entre outros.

Público alvo: Representantes do Poder Público municipal, estadual e federal, Usuários, ONGs, Universidades, Municípios, e todos aqueles interessados no tema, os quais têm a oportunidade de trocar idéias, apresentar experiências exitosas de boa gestão dos recursos hídricos e fundamentalmente, conhecer os modelos atualmente aplicados nos Estados brasileiros no que se refere ao gerenciamento das águas.

Acesse o Portal do Encob.

Notícias