Itaipu Binacional suspende iluminação da barragem no sábado

A Itaipu Binacional fará parte da Hora do Planeta. Neste sábado (26), a Iluminação da Barragem, um dos atrativos turísticos da usina, não vai funcionar, como ocorre normalmente, entre as 20h30 e 21h30 (horário de Brasília). Os 519 refletores usados no espetáculo de luzes nas catedrais de concreto da barragem permanecerão desligados nesta data e horário, quando acontece o movimento mundial contra o aquecimento global.

Durante 60 minutos, a população do mundo inteiro é convocada a desligar as luzes (ao lado, o cartaz da campanha deste ano). A iniciativa é da Rede WWF (World Wildlife Foundation). "A adesão de Itaipu ao movimento simboliza o compromisso da empresa com a sustentabilidade do planeta", diz o superintendente de Comunicação Social, Gilmar Piolla, responsável pelo Turismo em Itaipu.

A Iluminação da Barragem faz parte do roteiro de visitas do Complexo Turístico Itaipu (CTI), nas duas margens da usina - a brasileira e a paraguaia. A atração acontece sempre às sextas e sábados. Para evitar problemas, a rede hoteleira e as agências de viagem estão sendo avisadas pela Fundação Parque Tecnológico Itaipu, que administra o CTI, sobre a adesão de Itaipu à campanha. As outras visitas serão mantidas normalmente, sem prejuízos para os visitantes.

"A Itaipu está sempre em consonância com os movimentos mundiais de reflexão sobre a sustentabilidade. Ao aderir à Hora do Planeta, executamos, na prática, mais um desses compromissos", diz o superintendente de Meio Ambiente, Jair Kotz.

Para não perder o espetáculo, o público poderá assistir normalmente à Iluminação da Barragem, nesta sexta-feira (25). Em Foz do Iguaçu, as saídas para a visita especial são feitas a partir do Centro de Recepção do Visitante (CRV), às 20h. As reservas podem ser feitas no Complexo Turístico Itaipu (CTI) pelo site http://www.turismoitaipu.com.br/.

Roteiro de luzes

A iluminação da barragem de Itaipu é um dos principais atrativos turísticos oferecidos pela Binacional e é observada a partir do Mirante Central da usina. Além das luzes, que valorizam a estrutura de concreto e o formato das catedrais da barragem, o espetáculo é acompanhado por uma trilha sonora que foi criada pelo diretor musical Antonio Fava.

O projeto foi criado por um dos maiores especialistas em luminotécnica do Brasil, Peter Gasper, responsável também pela iluminação do Memorial da América Latina, da Catedral de Brasília e do Palácio da Alvorada. Leia mais notícias em: www.itaipu.gov.br/jornal

24-3-2011

 

Notícias