SLU deixará de recolher resíduo hospitalar



A partir do dia 16 de novembro, a Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) deixará de coletar, transportar e descartar os resíduos de serviços de saúde (RSS) de Belo Horizonte.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) no dia 17 de outubro, e conforme o superintendente Vítor Valverde, os estabelecimentos para os quais a SLU presta esses serviços estão sendo comunicados por meio de carta registrada. O informe frisa ainda que, "trata-se de um serviço de incumbência do setor privado, previsto nas Leis Federais n°11.445/2007 e n°12.305/2010, na Lei Municipal n°10.534/2012, e nas Resoluções ANVISA n° 306/2004 e CONAMA n°358/2005".

De acordo com o órgão, a interrupção vai ocorrer de forma gradual, com prazos diferentes para entidades filantrópicas e redes privada, estadual, federal e municipal.

Atenta à necessidade de adequação a essa nova realidade, a Abes-MG reunirá seus especialistas para discutir a situação e suas perspectivas, ainda na primeira quinzena de novembro, em um encontro entre os geradores, os ofertantes dos serviços e o órgão regulador. Em breve, mais informações sobre o encontro estarão em nosso site.

 

Leia mais:

 Hoje em Dia

Correio Braziliense

Bhaz

Notícias