CBH Velhas alerta para crise da água na RMBH

O abastecimento humano na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) foi tema de discussão durante a plenária do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, realizada no dia 20 de outubro, em Belo Horizonte.

O Comitê teme que a população fique sem abastecimento de água, caso o nível do rio das Velhas continue baixando. O alerta partiu da constatação de que o rio vem apresentando vazões muito baixas, próximo de 7m³/s, e mesmo assim, tem sido retirados 6m³/s para o abastecimento.

“O futuro do abastecimento da Região Metropolitana pode estar ameaçado, dado que 40% vêm do reservatório de Bela Fama”, ressaltou o presidente do Comitê, Marcus Vinicius Polignano, ao explicar que o rio das Velhas nunca passou por tão grave situação.

Segundo dados da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), o Sistema Rio das Velhas está com uma vazão 50% inferior àquela normalmente registrada nesta época do ano.

Já no Paraopeba, o déficit é de 30%, consequentemente a menor vazão reflete no volume de água dos reservatórios do Rio Manso, Serra Azul e Vargem das Flores. Os dois sistemas juntos são responsáveis por 80% do abastecimento de água RMBH.

Apesar dos dados, a Copasa garante que não há risco de desabastecimento.

 

Notícias