Portal oferece curso a distância sobre SNIS



De 15 a 22 de setembro a Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental (SNSA)oferece um curso a distância para apresentar as ferramentas do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS).

Confira!

 

Objetivos:

 

- Apresentar a ferramenta SNIS - Série Histórica aos técnicos de prestadores de serviços e de prefeituras municipais e ao público em geral.

- Capacitar técnicos de prestadores de serviços e de prefeituras municipais e o público em geral para que se tornem aptos a realizar consultas no SNIS - Série Histórica, a fim de que conheçam os dados publicados pelo SNIS em qualquer ano desde o início da coleta de dados.

- Apresentar e esclarecer alguns conceitos utilizados pelo SNIS para avaliação da situação da prestação de serviços de Água e Esgotos no Brasil.

- Reduzir a quantidade de dúvidas e demandas à equipe do SNIS sobre o modo de realização das consultas no SNIS - Série Histórica.

- Auxiliar na divulgação do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento junto aos prestadores de serviços e municípios do Brasil.

- Tornar o participante apto a realizar consultas no SNIS - Série Histórica e a saber recorrer aos Glossários e Manuais do SNIS quando necessário, bem como a compreender a metodologia de pesquisa e apresentação dos dados na planilha de resultados da consulta.

 

Metodologia:

 

- Curso a distância moderado disponibilizado por meio da plataforma Moodle do Portal Capacidades.

- Seleção dos participantes através de inscrição pela internet. Número limitado de vagas.

- Apresentação dos Menus do SNIS - Série Histórica por meio de conteúdo dividido em cinco unidades, seguidas de avaliação de conteúdo. As unidades serão disponibilizadas na plataforma como arquivos de texto em formato pdf.

- Ao estudar cada unidade, o participante poderá praticar a realização de consultas no SNIS - Série Histórica por meio das instruções dadas nos exemplos de algumas unidades.

- O aproveitamento mínimo nas avaliações exigido para emissão do certificado na conclusão do curso será de 75% (setenta e cinco por cento).

- Realização de fórum inicial de apresentação dos participantes.

- Realização de fóruns de discussão sobre as unidades.

- Serão disponibilizados bibliografia complementar e endereço eletrônico para atender às dúvidas dos participantes.

- Ao final do curso, o participante deverá responder a um questionário de avaliação do curso.

 

Tópicos:

 

Unidade 1 - O SNIS

Introdução. Apresentação do SNIS. Objetivos do SNIS. Divisão do SNIS. O Prestador de Serviços para o SNIS. Atribuições da SNSA. Produtos do SNIS. O SNIS - Série Histórica.

 

Unidade 2 - Introdução ao SNIS - Série Histórica

Introdução. Ano de referência. Tipos de serviços. Abrangência do prestador de serviços. Agrupamentos de informações. Informações e indicadores. Natureza jurídica. Componente Água e Esgotos. Componente Resíduos Sólidos. Municípios.

 

Unidade 3 - Componente Água e Esgotos

Introdução. Informações e indicadores agregados. Obtenção dos resultados da consulta. Informações e indicadores desagregados. Prestadores que responderam apenas pesquisas simplificadas. Delegação e tipo de serviço dos municípios com prestadores regionais e microrregionais. Agrupamento dinâmico de indicadores e informações agregadas por ano de referência. Agrupamento dinâmico de indicadores e informações desagregadas por ano de referência. Documentos e outras consultas. Diversos exemplos de aplicação.

 

Unidade 4 - Componente Resíduos Sólidos

Introdução. Órgãos gestores municipais. Unidades de processamento. Fluxo e quantidade de resíduos. Agrupamento dinâmico de indicadores e informações por ano de referência. Relação de indicadores por ano de referência. Manuais, Glossários e Diagnósticos. Diversos exemplos de aplicação.

 

Unidade 5 - Municípios

Introdução. Informações e indicadores municipais consolidados. Agrupamento dinâmico de indicadores e informações por ano de referência. Documentos auxiliares. Outros menus. Diversos exemplos de aplicação.

 

 

Público-alvo:

 

Funcionários, dirigentes, empregados terceirizados ou outros, que estejam atuando diretamente em alguma das entidades que prestam serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário ou manejo de resíduos sólidos de todo o Brasil, sejam elas públicas ou privadas, ou geridas pela própria administração do município.

 

Requisitos:

Ser funcionário próprio ou terceirizado, cargo em comissão ou função gratificada, de prestador de serviços de abastecimento de água ou esgotamento sanitário ou de prefeitura municipal.

Preferencialmente ser a pessoa encarregada da informação a ser fornecida ao SNIS pelo prestador de serviços ou prefeitura municipal.

Serão escolhidos participantes que representem também as cinco regiões do país e as diferentes naturezas jurídicas dos prestadores de serviços, além de serem considerados os diferentes níveis de abrangência na distribuição de vagas (no caso dos prestadores de serviços de Água e Esgotos).

 

Corpo Docente:

 

ERNANI CIRÍACO DE MIRANDA

 

Engenheiro Civil com mestrado em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos pela Universidade de Brasília. Atuou por mais de dez anos na área de consultoria, com elaboração de projetos e gerenciamento de obras de sistemas de água e esgotos. Foi Diretor Técnico da Empresa Municipal de Água e Saneamento de Itabuna/BA (EMASA), respondendo pelas áreas de projetos, obras, operação e manutenção dos sistemas de água e esgotos. Atua no Governo Federal desde 1997 em atividades de estudos, pesquisas e planejamento na área de saneamento básico, em especial no Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento - SNIS. Neste período foi também coordenador do Programa de Modernização do Setor Saneamento - PMSS, de 2004 a 2010, atuando em assistência técnica, capacitação, estudos, pesquisas e planejamento em saneamento básico. Desde 2010 ocupa cargo no Governo Federal na carreira de Especialista em Infraestrutura Sênior, especialidade saneamento básico, trabalhando no Ministério das Cidades, onde também é Diretor de Articulação Institucional desde 2012.

 

VALMIR DE MORAES

 

Engenheiro Químico, Mestre em Engenharia Hidráulica e Saneamento pela Escola de Engenharia de São Carlos (EESC - USP), pesquisador do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento - SNIS. Atuou como consultor por produto pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil - PNUD, na Fundação Nacional de Saúde (Funasa), no subcomponente Saneamento Ambiental em Comunidades Quilombolas. Lecionou como professor colaborador no curso de Engenharia Ambiental da Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO (Campus de Irati - PR) e foi pesquisador do projeto "Avaliação de empreendimentos habitacionais e de saneamento financiados com recursos do FGTS". Atualmente desenvolve suas atividades na Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental - SNSA do Ministério das Cidades, onde hoje ocupa o cargo de pesquisador-bolsista do SNIS no componente Água e Esgotos.

 

JOSÉ ALBERTO DA MATA MENDES

 

Engenheiro civil-sanitarista: na área de Resíduos Sólidos atuou como consultor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD/UNDP e da Organização dos Estados Americanos - OEA - exercendo atividades no Ministério das Cidades e no Ministério do Meio Ambiente. No âmbito estadual, exerceu atividades de consultoria na elaboração de planos municipais e regionais de gerenciamento integrado de resíduos sólidos para o Centro Tecnológico de Minas Gerais - CETEC e para a Fundação Estadual do Meio Ambiente de Minas Gerais - FEAM. Em nível municipal, além da elaboração de planos de gerenciamento, exerceu atividades de planejamento de coleta em vilas e favelas de Belo Horizonte, através da SLU-PBH e foi responsável técnico pela operação do aterro municipal de Betim MG e sua usina de triagem e compostagem. No campo privado, atuou na elaboração de estudos de sistemas integrados de destinação final de resíduos sólidos para a COPASA e SEPLAN-MG, na elaboração de estudos de impacto ambiental, além de ser responsável técnico por projetos de aterros sanitários e unidades de triagem. No que se refere a sistema de informação, foi um dos responsáveis pela implantação e acompanhamento da componente Resíduos Sólidos do SNIS - Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (www.snis.gov.br), sendo coautor dos "Diagnósticos de Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos" de todas as suas edições - dos anos 2002 a 2010. Atualmente é pesquisador da Universidade de Brasília - UnB - integrando a equipe que dá continuidade ao desenvolvimento do SNIS Resíduos.

 

ELIZAMAR PEREIRA DO NASCIMENTO

 

Economista especialista em Controladoria: atuou como consultora na Agência Brasileira de Cooperação do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD/UNDP exercendo atividades para o Ministério das Relações Exteriores na capacitação profissional da população carente das regiões norte e nordeste. Atualmente coordena a coleta de informações e colabora na elaboração do Diagnóstico de Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento - SNIS do Ministério das Cidades.

Parceiros:

 

Responsável pelo curso e Tutora:

 

Priscila Rosene Menezes Barbosa - Analista de Infraestrutura (SNSA)

 

 

Moderadores:

Ernani Ciríaco de Miranda - Diretor (SNSA)

Valmir Moraes - Pesquisador (SNSA)

Rodrigo Benevenuto Luz - Técnico Especializado em Saneamento (SNSA)

 

 

Colaboradores e Parceiros:

Maria Vitória Nava Silva do Carmo - Estagiária (Engenharia Ambiental - Universidade de Brasília)

Maurício Lima Reis (equipe SNIS - informática).

 

Comentários:

 

Número de Participantes:

 

50 (cinquenta), sendo 25 (vinte e cinco) participantes relacionados à prestação de serviços de manejo de resíduos sólidos urbanos e 25 (vinte e cinco) participantes relacionados aos serviços de abastecimento de água ou esgotamento sanitário, sendo 5 (cinco) participantes pertencentes a diferentes prestadores de serviços de abrangência regional; 2 (dois) participantes pertencentes a diferentes prestadores de serviços de abrangência microrregional e 18 (dezoito) participantes pertencentes a diferentes prestadores de serviços de abrangência local.

 

Caso esta distribuição não seja totalmente satisfeita, poderão ser realizados arranjos internos, respeitando o limite máximo de vagas.

 

Certificação:

- Aproveitamento igual ou superior a 75% da nota máxima do curso, determinado por meio de resultado das avaliações e participação nos fóruns de discussão.

 

Bibliografia:

Para consultas relacionadas à prestação de serviços de Água ou Esgotos:

- Manual de Fornecimento dos Dados (prestadores de serviços de Abrangência Local)

- Manual de Fornecimento dos Dados (prestadores de serviços de Abrangência Regional e Microrregional)

- Glossário de Informações

- Glossário de Indicadores

- Diagnóstico dos Serviços de Água e Esgotos 2012

 

Para consultas relacionadas à prestação de serviços de Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos:

- Manual de Fornecimento de Informações

- Glossário de Informações

- Glossário de Indicadores

- Diagnóstico do Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos 2012

 

 

15-09-2014

Notícias