Municípios tem até 4 de julho enviar dados ao SNIS

Os municípios brasileiros tem até o dia 4 de julho para enviar ao Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS)os dados relativos a 2013. O sistema é primordial para fundamentar o planejamento das ações de saneamento no País.

 Em 1996, com dados do ano de referência 1995, foi criado pelo Governo Federal o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), no âmbito do Programa de Modernização do Setor Saneamento – PMSS. Na estrutura atual do Governo Federal, o SNIS está vinculado à Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental – SNSA do Ministério das Cidades.

 O SNIS apoia-se em um banco de dados administrado na esfera federal, que contém informações de caráter institucional, administrativo, operacional, gerencial, econômico-financeiro e de qualidade sobre a prestação de serviços de água, de esgotos e de manejo de resíduos sólidos.

 Para os serviços de água e de esgotos, os dados são atualizados anualmente desde o ano de referência 1995. Em relação aos serviços de manejo de resíduos sólidos, os dados são também atualizados anualmente desde o ano de referência 2002.

O SNIS consolidou-se como o maior e mais importante banco de dados do setor saneamento brasileiro, servindo a múltiplos propósitos nos níveis federal, estadual e municipal, dentre os quais destacam-se:

-planejamento e execução de políticas públicas de saneamento;

-orientação da aplicação de recursos;

-conhecimento e avaliação do setor saneamento;

-avaliação de desempenho dos prestadores de serviços;

-aperfeiçoamento da gestão, elevando os níveis de eficiência e eficácia;

-orientação de atividades regulatórias;

-e benchmarking e guia de referência para medição de desempenho.

A série histórica de dados do SNIS possibilita a identificação de tendências em relação a custos, receitas e padrões dos serviços, a elaboração de inferências a respeito da trajetória das variáveis mais importantes para o setor, e assim, o desenho de estratégias de intervenção com maior embasamento. Além disso, as informações e indicadores em perspectiva histórica esclarecem mitos e descortinam realidades sobre a prestação dos serviços à sociedade brasileira.

http://www.snis.gov.br/