Diretor da ANA discute cobrança de recursos hídricos

Acontece hoje e amanhã (10), em frutal, no triângulo mineiro, o seminário "O Estado da Arte da Agricultura Irrigada no Brasil - Desafios e Oportunidades".


O diretor-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu participou das discussões desta quinta-feira e reafirmou a importância de se planejar mais e melhor o uso dos recursos hídricos por bacia hidrográfica.


Presidindo a mesa intitulada Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento da Agricultura Irrigada, Andreu aproveitou a oportunidade para salientar ações da ANA que envolvem o tema, como a navegação interior e a própria irrigação, destacando, também, a importância da cobrança pelo uso dos recursos hídricos. "Esse é o verdadeiro recurso público, definido pelos usuários e que tem sua aplicação orientada na bacia por eles próprios", destacou Andreu.


A Agência Nacional de Águas tem trabalhado nos planos de recursos hídricos para que eles sejam tidos como instrumentos de planejamento setorial, considerando os diversos usos previstos na chamada Lei das Águas. A exemplo disso teremos no próximo dia 16 a apresentação do Plano de Recursos Hídricos da Margem Direita do Rio Amazonas no Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH).


Serviço
Seminário "O Estado da Arte da Agricultura Irrigada no Brasil - Desafios e Oportunidades"
Data: 9 e 10/12/2010
Local: sede da Fundação HidroEX - Universidade do Estado de Minas Gerais
End: Av. Professor Mário Palmério, 1000 - Bairro Universitário - Frutal (MG)

 

Abes-MG - Assessoria de Comunicação, com ANA