Peixe Vivo assina contratos para o São Francisco

A AGB Peixe Vivo assinou, no dia 16 de julho, os primeiros contratos para a execução dos projetos hidroambientais a serem financiados com recursos da cobrança pelo uso da água na Bacia do Rio São Francisco. Eles fazem parte de uma lista de 22 projetos indicados e aprovados pelo Comitê da Bacia do São Francisco e preparados para contratação pela AGB Peixe Vivo.

Os primeiros contratos são para execução de serviços hidroambientais na região do Alto São Francisco. A empresa vencedora da licitação e que assinou o contrato com a AGB Peixe Vivo foi a Verga Engenharia. Os projetos são:

 01 - Execução das obras e serviços para recuperação hidroambiental na bacia do Rio Jatobá, em Buritizeiro, MG/;

02 - Execução das obras e serviços para recuperação hidroambiental na bacia do Córrego da onça, em Pirapora, MG;

03 - Execução das obras e serviços para recuperação hidroambiental na sub-bacia do Rio das Pedras e Córrego Buritis, em Guaraciama, MG.

Os editais com informações sobre os projetos e o detalhamento da contratação podem ser acessados pelo site da AGB Peixe Vivo: www.agbpeixevivo.org.br

 

Acompanhamento e fiscalização

 

A execução dos projetos hidroambientais na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco terão o acompanhamento e a fiscalização de uma empresa de consultoria e engenharia contratada especialmente para este fim.

 

O edital para "CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ASSESSORAMENTO TÉCNICO-OPERACIONAL PARA DESENVOLVIMENTO E FISCALIZAÇÃO DE PROJETOS EM APOIO ÀS ATIVIDADES DO COMITÊ DESENVOLVIDAS PELA AGB PEIXE VIVO”, foi publicado no mês de abril e vencido pela empresa GAMA Engenharia. Segundo Alberto Simon, Diretor Técnico da AGB Peixe Vivo, o objetivo da contratação é garantir o prazo e a qualidade na execução dos 22 projetos previstos para a Bacia.

 

Projetos hidroambientais

 

Os projetos hidroambientais são aqueles voltados para a recuperação e conservação de nascentes, cursos d’água e todo o ecossistema que alimenta e mantém vivos os nossos rios. São projetos que buscam a manutenção da quantidade e da qualidade das águas de uma bacia hidrográfica, preservando suas condições naturais de oferta de água.

 

Se uma nascente ou pequeno riacho pode secar por estar desmatado, pisoteado ou assoreado, os projetos hidroambinetais atuam para evitar ou reverter essa degradação. De acordo com Alberto Simon, Diretor Técnico da AGB Peixe Vivo, os projetos hidroambientais podem ser entendidos a partir de três linhas de ação:

 

1- Proteção de nascentes com cercamentos;

2- Adequação de estradas vicinais, com a construção de bacias de contenção de água de chuva (barraginhas);

3- Construção de terraços e curvas de nível em morros e encostas.

 

Os Projetos Hidroambientais se diferenciam dos grandes projetos de saneamento básico e ambiental, que buscam a melhoria da qualidade da água através da coleta e tratamento dos esgotos. Os projetos hidroambientais se caracterizam pela ação pontual em pequenas áreas espalhadas por uma bacia hidrográfica, geralmente em suas nascentes, para garantir que suas condições naturais sejam preservadas.

 

 

 

 

 

 

Notícias