Missão especial do Governo de Minas parte para a Índia

A partir do dia 10 de outubro, o Consulado da Índia em Minas Gerais e a Câmara de Comércio Índia - Brasil (CCIAIB) acompanham a delegação oficial do Governo de Minas Gerais em uma Missão Oficial para Índia, com a presença, ainda, de uma delegação empresarial, formada por grandes empreendedores mineiros. O principal objetivo é proporcionar oportunidade de negócios e investimentos e estreitar ainda mais as relações entre Minas Gerais e a Índia.


"Trata-se de um momento muito auspicioso e histórico para o Brasil e, principalmente, para Minas Gerais. E tenho certeza que vamos colher excelentes frutos nessa viagem", diz o Cônsul da Índia em Minas Gerais, Élson Gomes. O Embaixador da Índia no Brasil, B. S. Prakash, também apoia a missão: "Sempre visito o estado e percebo que vem se tornando um pólo econômico, com muitas riquezas e, acima de tudo, um povo preparado e bem determinado. Não me surpreende que tantas empresas indianas já estejam em Minas Gerais".


O Governador Antônio Augusto Anastasia já confirmou presença, além dos Secretários Dorothéa Werneck, Nárcio Rodrigues, e outros membros do Governo. Na delegação empresarial, liderada pela Câmara de Comércio Índia - Brasil e FIEMG, representantes do Banco BMG, ArcelorMittal, Ricardo Eletro, Direcional Engenharia, ACMinas, Alfa Consultoiria, BDMG, entre outras grandes empresas, estão entre os membros que participarão da viagem.


"Existe grande proximidade econômica entre os países, a classe média emergente, os mercados internos, a busca e conquista que temos em evitar a crise econômica. Minas Gerais, graças ao trabalho do Consulado, tem sido o estado mais influente nas relações com a Índia. A proximidade econômica se faz não só pela presença das grandes empresas, mas também pela nossa identidade. Agora a identidade econômica se agudiza, com a presença dos conglomerados siderúrgicos, tecnologia, e tenho certeza que essa missão vai estreitar ainda mais as relações', afirma o Governador de Minas Gerais.

A presidente da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental( Abes), Cassilda Teixeira acompanha a comitiva representando o presidente da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), Ricardo Augusto Simões.


Até o dia 18 de outubro, as delegações visitarão as cidades de Mumbai, Bangalore e Nova Delhi e conhecerão importantes empresas indianas, como Essar Group, Tata Group, Infosys, BEML. Todas as reuniões serão agendadas e acompanhadas pela equipe de analistas internacionais da Câmara de Comércio Índia - Brasil. Haverá também a apresentação do evento Oportunidades de Negócios e Investimentos entre Minas Gerais e Índia, que conta com a participação de empresários indianos, com exposições sobre as principais oportunidades nesta relação e rodadas de negócios.


Relação entre Índia e Minas Gerais


A Índia é o sétimo maior país em extensão territorial e tem a segunda maior população do mundo, com 1,2 bilhões de habitantes e uma classe média em expansão e desenvolvimento, característica semelhante ao Brasil. É também a segunda maior economia do grupo BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) e tem níveis de produção e exportação em crescimento, e de consumo em franca expansão.


É avaliada como um dos destinos mais atrativos para investimentos, com crescimento do PIB de 8,6% em 2010-2011 e projeções de crescimento de 8,8% em 2011-2012. As expectativas de crescimento do setor industrial são de 9,4%. O país tem se inserido cada vez mais na dinâmica dos negócios internacionais e as trocas com o Brasil crescem em ritmo acelerado, com importação/exportação, joint ventures, Investimento Direto Externo, entre outros.


Em 2009, a Índia e o Brasil tiveram um intercâmbio comercial de US$ 5,6 bilhões: US$ 3,415 bilhões em exportações e US$ 2,191 bilhões em importações (dados do MDIC). Em 2010, Minas Gerais exportou para a Índia cerca de US$140 milhões e importou US$150 milhões, nos mais diversos setores. A Índia tem se mostrado uma plataforma promissora de negócios para o Brasil, com grandes oportunidades nos setores de mineração e siderurgia, construção, tecnologia da informação, bens de consumo, escolas de negócios, químicos e farmacêuticos, etc.


A Câmara de Comércio Índia - Brasil foi criada em novembro de 2003 com o apoio do Consulado AH da Índia em Minas Gerais. É uma organização civil sem fins lucrativos e tem como objetivo principal fomentar e consolidar as relações comerciais, industriais, agropecuárias e econômicas entre Índia e Brasil.

Notícias