Movimento Preservação da Serra Gandarela vai a Brasília

O Movimento pela Preservação da Serra do Gandarela está organizando uma caravana para ir à Brasília divulgar a criação do Parque Nacional da Serra do Gandarela.

A coordenação do Movimento tem uma reunião agendada na segunda, dia 16, às 14 horas, com o presidente do Instituto Chico Mendes de Preservação, e outra com Ministério do Meio Ambiente, às 16 horas. Durante o encontro serão discutidas a proposta, questões técnicas e políticas relacionadas à criação do Parque. Os mobilizadores aproveitarão a oportunidade para fazer uma manifestação em prol da causa e distribuir materiais de divulgação.

Será disponibilizado transporte para interessados em participar do evento. A saída será no domingo, dia 15, às 22 horas. O grupo se encontrará em frente à Faculdade de Medicina da UFMG, na Avenida Alfredo Balena, 190. Interessados em participar devem falar com Saulo Álvares pelos telefones (31) 9580-6768, (31) 3409-9818 ou pelo e-mail saulomanuelzao@gmail.com. Outras informações estão disponíveis na página do Movimento.

O Gandarela e o Parque

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, órgão federal responsável pelas unidades de conservação, recebeu em 2009 a proposta de criação do Parque.
A ideia é que ele abranja áreas das cidades de Caeté, Nova Lima, Raposos, Rio Acima, Barão de Cocais, Itabirito, Ouro Preto e Santa Bárbara. A região abriga as últimas áreas significativas de Mata Atlântica dentro do Quadrilátero Ferrífero, Campos Rupestres e Cerrado.
O lugar acolhe cavernas, cachoeiras, um sítio paleontológico registrado como patrimônio da humanidade, além de acervo arqueológico e histórico.
O Gandarela possui também um considerável número de nascentes e cursos d'água afluentes das Bacias dos Rios Conceição e das Velhas.
A proposta é que a área de proteção integral abrigue cerca de mil nascentes, sendo esses mananciais estratégicos para o abastecimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A região é ameaçada por atividades de exploração mineral. Os projetos de licenciamento de empreendimentos na área foram suspensos a pedido do Ministério Público Estadual até que o Parque seja criado.


12-5-2011

 

Notícias