Governo lança PAC Saneamento para pequenos municípios

O Governo Federal vai lançar, na próxima semana, o PAC Saneamento para cidades com menos de 50 mil habitantes e que tenham projetos aprovados na Funasa - Fundação Nacional de Saúde. Os projetos podem abranger abastecimento de água potável, coleta e tratamento de esgoto e manejo de resíduos sólidos.

 

Segundo o deputado Décio Lima (PT) "essa é uma oportunidade para a melhoria da qualidade na vida de milhares de catarinenses, já que mais de 90% dos 293 municípios de Santa Catarina se enquadram nesta faixa de população".

 

As ações de mais esta iniciativa da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) iniciam no mês de junho. "O PAC Saneamento surge com o objetivo de implantar ações voltadas para a promoção da saúde e para o controle e prevenção de doenças", observa Décio que, em abril passado, promoveu, em Blumenau, o Seminário de Gestores Municipais para Projetos do PAC 2. O evento reuniu mais de 600 pessoas, entre prefeitos, vice-prefeitos, secretários e técnicos de projetos, para orientar sobre os recursos do governo federal disponíveis através do Programa de Aceleração do Crescimento.

 

Na oportunidade, os participantes puderam esclarecer duvidas com técnicos do Ministério das Cidades, através da Secretaria Nacional de Habitação, Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental e da Secretaria Nacional de Transportes e Mobilidade Urbana, e do Ministério da Saúde, através da Funasa.


10-5-2011

 

 

Notícias