Grupo da Escola de Arquitetura vence concurso de eficiência energética

Grupo coordenado pelo Laboratório de Conforto Ambiental da Escola de Arquitetura da UFMG venceu o concurso Otec de Eficiência Energética para Edifícios Existentes. O projeto foi concebido para o edifício Paulo Tarso, localizado em área de interesse cultural em São Paulo e concebido pelo arquiteto Rino Levi.

Participaram do concurso 50 equipes de todo o país, com envolvimento de cerca de 200 profissionais e estudantes. A conquista rendeu prêmio no valor de R$ 50 mil.

Liderado pela professora Iraci Miranda Pereira, do Departamento de Tecnologia da Arquitetura e do Urbanismo, o grupo vencedor é composto ainda pelas arquitetas Ana Carolina Veloso, Camila Ferreira, Marcela Maciel e Paula Leite, pelo engenheiro mecânico Flávio Henrique Morais (todos ex-alunos da Escola) e pela aluna de graduação da UFMG Carla Patrícia Soares.

Promovido pela Otec, empresa de consultoria em sustentabilidade e eficiência energética, o concurso pretendeu reunir propostas de soluções inovadoras que ampliassem o conceito de sustentabilidade no retrofit de edifícios.

Economia viável
Segundo Iraci Pereira, o projeto se destacou pelo respeito à imagem do prédio modernista, pela viabilidade técnica e pela economia de 59% da energia elétrica. "Foi preciso comprovar cada aspecto da proposta por simulação computacional, e os resultados foram auditados", ela explica.

O projeto previu mudança no sistema de ar condicionado e um dispositivo instalado na fachada que ao mesmo tempo protege contra a radiação solar, diminuindo a entrada de calor, e redireciona a luz, permitindo desligar parte das lâmpadas elétricas. A proposta também prevê baixo custo vinculado às obras de intervenção, o que atende ao conceito de sustentabilidade.

O proprietário do prédio demonstrou interesse em aproveitar o projeto, mas ainda não há decisão sobre contratação. Outras informações estão no site
www.concursootec.com.br.

19-4-2011

 

Notícias