Feam lança Índice de Produção Mais Limpa



Com o intuito de fomentar a melhoria do desempenho ambiental da indústria, incentivar práticas sustentáveis e aprimorar a política ambiental no Estado, a Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) desenvolveu o Índice de Produção Mais Limpa (Índice P+L).

 

 

Os principais objetivos do Índice são: oferecer uma metodologia de cálculo única e ajustável para as diversas tipologias industriais a ser adotado como instrumento de política ambiental e promover a valorização de boas práticas em empreendimentos industriais no Estado de Minas Gerais.

 

 

 

O Índice consiste em um cálculo gerado a partir de informações que o empreendedor insere em uma plataforma online no site: producaomaislimpa.meioambiente.mg.gov.br. Os dados declarados são submetidos a um método de cálculo específico, gerando então o grau de eco eficiência do processo produtivo, que varia entre 0 e 1.

 

 

 

Ao final do preenchimento é gerado um relatório com a síntese das informações apresentadas para conferência do empreendedor. Na sequência, é emitido um certificado em que consta o grau de eco eficiência do empreendimento.

 

 

 

A plataforma foi desenvolvida por uma empresa especializada em desenvolvimento de soluções tecnológicas na área de meio ambiente, sob coordenação da Feam. A Fundação também forneceu dados e indicações bibliográficas que subsidiaram a elaboração do sistema.

 

 

 

A declaração de dados para geração do índice é voluntária e poderá ser realizada anualmente.

 

 

 

Segundo a coordenadora do projeto, a analista ambiental da Feam, Sarah Gusmão, o empreendedor poderá avaliar o seu grau de eco eficiência a partir de um conjunto de 21 indicadores, distribuídos em cinco categorias (materiais, água e efluentes líquidos, energia, resíduos sólidos e emissões atmosférica). “Com base nos resultados alcançados, o empreendedor poderá definir ações estratégicas para a melhoria dos aspectos avaliados”, acrescenta.

 

 

 

Ainda de acordo com a coordenadora do projeto, o Índice é uma ferramenta que vai proporcionar aos empreendedores mineiros conhecer melhor o seu processo produtivo e adquirir boas práticas ambientais. “O índice vai possibilitar também que o consumidor saiba o quão ambientalmente correta é a empresa da qual ele está adquirindo um produto. No início, enquanto os dados vão sendo inseridos no sistema, os resultados poderão ser checados junto às empresas, futuramente eles poderão ser acessados no site Feam”, conclui.

 

 

 

Para acessar a plataforma, clique aqui.

13-12-2016