Primeiro semestre de 2017 será decisivo para revitalização do Velho Chico



O processo de revitalização do rio São Francisco ainda está no campo das discussões, mas a partir de 2017 o Programa Novo Chico começa a ganhar corpo prático. Em reunião realizada em Salvador (BA), na última sexta feira (21.10), com a participação de representantes do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio são Francisco (CBHSF), Governo da Bahia, Ministério do Meio Ambiente (MMA) e entidades ligadas à bacia, o gerente do Departamento de Revitalização de Bacias Hidrográficas do MMA, Henrique Pinheiro Veiga, afirmou que os primeiros seis meses de 2017 serão decisivos para o desenvolvimento inicial do projeto, incluindo a realização de diagnóstico de campo.

 

“O primeiro semestre de 2017 será de preparação para o Novo Chico: projetos serão elaborados e prioridades serão identificadas”, destacou Veiga, referindo-se às atuações específicas do MMA. “Nosso entendimento é de que, nesse primeiro momento, é importante termos um planejamento e um diagnóstico consistente para, então, iniciarmos as ações”, completa.

 

O diretor de Revitalização de Bacias Hidrográficas, Renato Ferreira, enfatizou que as ações propostas pelo MMA estão sendo construídas de maneira coletiva, envolvendo, além do CBHSF, os governos estaduais e demais entidades que atuam em defesa da bacia hidrográfica do São Francisco.

 

ASCOM – Assessoria de Comunicação do CBHSF

 

10-11-2016