Moradores protestam contra o fim da mata do bairro Planalto



Moradores do bairro Planalto, na região Norte de Belo Horizonte, realizaram na manhã deste sábado (24) uma passeata em protesto contra um projeto imobiliário para construção de prédios dentro da Mata do Planalto, uma das últimas áreas verdes remanescentes de Mata Atlântica da capital.

 

O movimento já dura sete anos e luta contra a obra de um empreendimento de 760 apartamentos no local.

 

Cerca de 300 pessoas, segundo a organização do evento, também protestaram por causa de um incêndio na mata, que ocorreu no início de agosto. O que teria provocado o fogo ainda é desconhecido e o caso segue em investigação pelo MP. “Queremos chamar atenção para o descaso dos órgãos competentes. Ninguém se preocupa”, disse a presidente da Associação Comunitária do Planalto e Adjacências, Magali Trindade.

 

A Justiça concedeu uma tutela antecipada à ação do Ministério Público Estadual que impede a construtora de iniciar qualquer obra até a decisão final da ação civil pública, que ainda está em andamento. A construtora informou que está fazendo estudos ambientais complementares e reiterou que o empreendimento respeita a legislação.

 

Resposta

 

Segundo a Fundação de Parques Municipais, um projeto de revitalização do Parque do Planalto já foi elaborado e a obra contratada, com previsão de início para o ano que vem.

26-09-2016