Resíduos sólidos: oportunidades e desafios



Diálogo Social promove curso, em parceria com a Envolverde, sobre o Programa Nacional de Resíduos Sólidos. Saiba a melhor forma de se adaptar a esta recente realidade brasileira e de trabalhar com os novos nichos de negócios.

 

Carga Horária: 8 horas

 

Programação

 

Instituída pela Lei nº 12.305/2010, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) é bastante atual e contém instrumentos importantes para permitir o avanço necessário ao país no enfrentamento dos principais problemas ambientais, sociais e econômicos decorrentes do manejo inadequado dos resíduos sólidos. A legislação prevê, por exemplo, a prevenção e a redução na geração de resíduos, tendo como proposta a prática de hábitos de consumo sustentável.

 

Neste treinamento, serão levadas ao conhecimento dos participantes as ferramentas que abrirão oportunidades profissionais para novos nichos de negócios. Para fazer parte deste cenário, será preciso entender e ser capaz de se adaptar a essa nova realidade – independentemente de qual seja o setor de atuação: público, privado ou Terceiro Setor.

 

Conteúdo Programático

 

Panorama do consumo de matérias-primas

 

Esgotamento dos recursos naturais

Análise da situação das reservas de matérias-primas

Consumo exagerado de insumos básicos

 

Desperdício e armazenamento de lixo

 

Sociedade do consumo e do descartável

Materiais reutilizáveis e/ou recicláveis

O colapso do armazenamento de lixo nas grandes cidades

 

Conhecendo as origens de um produto

 

Panorama geral da coleta seletivaA Lei dos Resíduos Sólidos

Logística reversa e seus benefícios

Consequências atuais dos descartes irresponsáveis

Ciclo de vida e cadeia produtiva

Histórico da aprovação da PNRS

Principais pontos e desafios (setores público e privado e Terceiro Setor)

O que e quando deverá ser implementada

Responsabilidade compartilhada

As leis internacionais para a área de resíduos sólidosNovos negócios / novas oportunidades

 

Empreendedorismo em alta

Planos de manejo

Projetos em parceria com o poder público

A industrialização dos resíduos

O futuro conectado aos projetos de desenvolvimento limpo

 

Público-alvo

 

Gestores, técnicos, estagiários e voluntários de organizações sociais, empreendimentos sociais, institutos, fundações e sindicatos, especialmente os ligados a meio ambiente.

Administradores, ambientalistas e profissionais das áreas comercial, marketing, comunicação, ambiental, sustentabilidade e responsabilidade social de empresas.

 

Palavras-chave

 

Planejamento, administração, engajamento, responsabilidade social, reciclagem, resíduos sólidos, sustentabilidade, plano de manejo, meio ambiente, educação ambiental, consumo consciente, recursos naturais.

 

Quem ministra o curso

Ivan Mello

 

Formado pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM) em gestão de comércio eletrônico e com MBA em gestão de marketing pela ESAMC, graduou-se em psicologia pela USP e administração de empresas pela UAM e tem pós-graduação em gestão de meio ambiente pela Escola de Contas do Tribunal de Contas do Município de São Paulo. Responsável por parcerias e projetos no Núcleo Avançado de Pesquisas da USP – Escola do Futuro, na estruturação de pesquisas para a implantação de tecnologias de informação e comunicação com foco na educação, é diretor comercial da Kapte Consultoria e Capacitação em Ecoeficiência e coordenador e professor na Fundace – USP do curso “Lei Nacional de Resíduos Sólidos – Impactos na Gestão Empresarial”. Ministra o curso de direito ambiental na Fappes. Foi chefe de gabinete na Câmara Municipal de São Paulo, onde elaborou dezenas de projetos de lei, além de fazer a articulação com as comissões pertinentes, onde também trabalhou na liderança do PSDB.

 

Reinaldo Canto

 

Jornalista formado pela Cásper Líbero e pós-graduado em inteligência empresarial e gestão do conhecimento pela UFRJ, é professor de gestão ambiental e sustentabilidade & consumo consciente da Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino Superior (Fappes). Com 31 anos de profissão, passou por Record, Globo, SBT, Bandeirantes e Jovem Pan. Foi assessor de imprensa de grandes empresas como Banespa e Cosesp. Nos últimos anos especializou-se em sustentabilidade e consumo consciente. Nesse período foi diretor de comunicação do Greenpeace, coordenador de comunicação do Instituto Akatu pelo Consumo Consciente e colaborador em projetos do Instituto Ethos. É colunista da Revista Carta Capital e foi colaborador da Envolverde e de outras mídias ambientais na COP15, em Copenhague.

 

Serviço

 

15 de setembro de 2016 – 5ª feira – das 9h às 18h

Auditório Engº João Francisco Zeppelini (São Paulo-SP)

 

Rua Bela Cintra, 178

Consolação (Centro) – São Paulo/SP

CEP 01415-000

 

Para se inscrever acesse o site Diálogo Social.

13-9-2016