Lacerda anuncia multas para quem jogar esgoto nos córregos da Pampulha



O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, anunciou que vai aplicar multas “pesadas” a quem jogar esgoto nos córregos que deságuam na Lagoa da Pampulha. “Temos em Belo Horizonte uma quantidade grande de prédios, residências e de comércio que não ligaram o seu esgoto na rede coletora. E esses, inclusive, vamos ter que visitar com a Vigilância Sanitária para aplicar multas até pesadas. E aqueles que não têm renda, que têm dificuldade, a Copasa está ajudando, até mesmo bancando essa ligação”, disse o prefeito. Nos próximos dias, ele pretende se reunir com a estatal para levantar endereços que jogam esgoto clandestinamente nos córregos. O anúncio do prefeito foi ontem à noite durante inauguração de uma iluminação especial que durante 45 dias vai realçar o conjunto arquitetônico que recebeu título de patrimônio cultural da humanidade concedido pela Unesco, no domingo. Houve espetáculo pirotécnico durante cinco minutos.

 

 

O prefeito reafirmou sua promessa de praticar esportes náuticos na lagoa no ano que vem, quando a água estiver mais limpa. Disse que vai trazer seu veleiro do Lago de Furnas para Belo Horizonte. “Você sabe que vela depende de vento. Mas, para não acharem que é desculpa, esse meu veleiro tem um motorzinho também. Se não tiver vento, a gente vai no motor”, disse o prefeito. Para ele, o principal problema que a lagoa tem é a limpeza da água, mas a prefeitura tem um trabalho bem estruturado, com base técnico-científica, e até o final deste ano as águas do manancial vão atingir a classificação 3 do Conselho Nacional do Meio Ambiente e se tornarão favoráveis ao uso para esportes náuticos e pesca.

 

Além de não lançar esgoto nos córregos que deságuam na lagoa, outra forma que a população tem ajudar é não jogar lixo nesses cursos d’água. “A prefeitura só vê o lixo quando ele está chegando. Estamos estudando formas técnicas de segurá-lo nos córregos antes que cheguem à lagoa, mas ainda não há uma solução apropriada”, afirmou. O recado serve para a população de Contagem, na Grande BH, por onde passam alguns desses córregos, segundo o chefe do Executivo da capital mineira.

 

O prefeito comentou também a presença de jacarés na Lagoa da Pampulha e admitiu que pode representar um risco para quem for praticar esportes na lagoa. “Um garoto vai andar de caiaque e pode cair na água. O pessoal do Meio Ambiente está debatendo isso com o Ibama para ver o que devemos fazer”, disse.

 

Lacerda descartou a possibilidade de verticalização no entorno da lagoa. “Isso está absolutamente fora de cogitação. O Plano Diretor que está hoje na Câmara Municipal, junto com a Lei de Uso e Ocupação do Solo, dá um sentido muito forte a essa preservação, sem prédios no entorno da lagoa”, afirmou.

 

Sobre a reclamação de frequentadores e turistas da falta de banheiros públicos no entorno da lagoa, o prefeito disse ter feito licitação por duas vezes tentando instalar lanchonetes com banheiros agregados em contêineres estilizados, em mais de 35 locais na capital, inclusive a Pampulha, mas que houve problemas com a Justiça. Segundo ele, um concessionário antigo da venda de coco na Praça JK, no Bairro Mangabeiras, Região Centro-Sul, por duas vezes conseguiu derrubar a licitação na Justiça.

 

Lacerda disse que a prefeitura, por meio da Belotur, elaborou vários pacotes e roteiros para incrementar o turismo na capital, mas que o setor privado, como agências e hotéis, também precisa se mobilizar. “Há espaço para trazer o visitante, mas não cabe apenas ao poder público estimular o turismo receptivo”, afirmou.

 

ILUMINAÇÃO Cinco canhões de luz vão iluminar a Lagoa da Pampulha durante os próximos 45 dias em comemoração ao título concedido pela Unesco. De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Leônidas de Oliveira, os equipamentos foram montados em uma península onde o projeto original do arquiteto Oscar Niemeyer previa a construção de um hotel, que não chegou a ser erguido. Além dos canhões de luz, os prédios receberam uma iluminação comemorativa especial. Várias atividades culturais estão programadas para os próximos dias, segundo ele.

21-07-2016