Índice pluviométrico dos reservatórios fecham em baixa no mês de maio



Os reservatórios do Sistema Paraopeba e o Rio das Velhas que abastecem Belo Horizonte e a região metropolitana fecharam com índice pluviométrico em baixa neste mês de maio. Sem previsão de chuva para esta terça-feira (31) último dia do mês, os reservatórios receberam um volume de chuva muito abaixo do mesmo período no ano passado e ficaram também bem abaixo da média histórica esperada para o mês. Porém, apesar da baixa, o nível dos reservatórios ainda está melhor que o ano passado se comparado os cinco primeiros meses do mês.

 

Dos três reservatórios que compõem o Sistema Paraopeba, o que ficou com o pior índice pluviométrico foi o Rio Manso que recebeu apenas 2 milímetros de chuva. No ano passado foram 42,2 milímetros, ficando acima da média histórica que é de 36, 8 milímetros. O Vargem das Flores recebeu 4,9 milímetros, também muito inferior ao ano passado quando foram 40,5 milímetros, também acima da média histórica de 24 milímetros. Já o Serra Azul foi o que teve melhor índice de 11, 4 milímetros, no entanto também bem mais baixo do ano passado quando foram 42,9 milímetros, também acima da média de 27,5 milímetros.

 

No Rio das Velhas não choveu nada no mês de maio. No ano passado o índice pluviométrico foi de 61,2 milímetros, quase o dobro da média histórica para o mês de 33,1 milímetros. A vazão do Rio das Velhas neste mês está em 16,1 m³. A vazão reduziu neste último mês, no fim de abril ela era de 36,5 milímetros.

 

Já o nível do Sistema Paraopeba está em 57,4% no fim de maio. Apesar do mês ter fechado em baixa, o nível do sistema ainda está melhor que o ano passado se comparado os cinco primeiros meses do ano. No dia 1 de junho do ano passado o nível do sistema era de 37,9%. Em Belo Horizonte e região metropolitana há previsão de chuva a partir da próxima quinta-feira (2) e até o próximo domingo (5).

30-5-2016