Aterro em Ribeirão das Neves será tema de audiência na ALMG



A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou, na manhã desta quarta-feira (6/4/16), dois requerimentos para a realização de audiências públicas. Um deles, da deputada Marília Campos (PT), é para discutir a implantação e o funcionamento do aterro sanitário de Ribeirão das Neves, que deve receber resíduos de todos os municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

 

De acordo com a justificativa, grande parte da população é contra a proposta do aterro, aprovada na Câmara dos Vereadores e vetada pela prefeita, Daniela Corrêa. O veto, porém, foi derrubado pela Câmara Municipal no último mês.O outro requerimento, do deputado Ulysses Gomes (PT), é de reunião para apresentação, por parte do Núcleo de Emergência Ambiental da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, das ações emergenciais adotadas no caso do incidente ocorrido em Bom Repouso (Sul de Minas). No dia 29 de março, uma enxurrada, após forte chuva, causou estragos no município ao arrastar lama sobre o bairro Araújos, na zona rural. Pelo menos cinco casas ficaram danificadas, três delas totalmente encobertas pela lama.

 

O parlamentar também solicita que seja apresentada a programação de ações de recuperação ambiental a serem desenvolvidas para recuperação das áreas atingidas.

08-04-2016