Prefeitura dá início ao Projeto Contagem das Nascentes



Para comemorar o Dia Mundial da Água, a Prefeitura de Contagem deu início ao Projeto Contagem das Nascentes nessa terça-feira (22/3), no Parque Gentil Diniz. A primeira nascente foi cadastrada no sistema de geoprocessamento no próprio parque, que está localizado numa área pública, dentro da Bacia de Vargem das Flores. O objetivo do "Contagem das Nascentes" é cadastrar, recuperar, proteger, monitorar e fiscalizar as Áreas de Preservação Permanente (APPs) dos mananciais.

 

O prefeito Carlin Moura, acompanhado do vice João Guedes, do secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antônio Gama, e de técnicos, cadastrou a primeira nascente, utilizando o GPS, marcando assim o início do projeto. Para Moura, o projeto transpõe a questão do governo, pois é de interesse público, extrapolando o tempo presente e se tornando patrimônio do município e da comunidade. "Nosso grande desafio hoje é conseguir chegar no principal território que é o da consciência humana. A consciência da preservação dessa fonte de vida que é a água e a relação que nós temos com ela, do ponto de vista de não poluir, não degradar, de não assorear e de preservá-la dentro da nossa realidade. Exemplos como esse projeto mostra que isso é possível. Damos a passo inicial, mas agora o grande desafio é ganhar corações e mentes propondo agir sobre como preservar a água e a vida nos centro urbanos", disse.

 

O secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antônio Gama, ressaltou que além de ser conhecida como a cidade das indústrias, Contagem também precisa ser reconhecida pela abundância de nascentes e potenciais bacias hidrográficas. "É um dever nosso cuidar dessas nascentes e perpetuar esse trabalho para as futuras gerações. Nada melhor do que cadastrar, monitorar e acompanhar essas nascentes, porque hoje a água é um bem natural que se não cuidarmos dela, no futuro vamos pagar um preço muito alto por isso, como já foi no ano passado com a crise hídrica", afirmou.

 

O coordenador do projeto Contagem das Nascentes, Éric Machado, explicou que esse é um projeto intersetorial, tem data para começar, mas não acaba, é permanente. "Queremos cadastrar todas as nascentes, trabalhar com os recursos hídricos como um todo. Vamos começar por Vargem das Flores, que é uma das nossas maiores riquezas. Sabendo trabalhar o território, não precisaremos ficar esperando as chuvas ou a questão climática, pois se protegêssemos todas as nascentes de Vargem das Flores, a capacidade da represa não estaria tão baixa, quando chegou a 17% no pior momento. Vamos fazer o trabalho de forma efetiva, pois esse projeto é uma causa ambiental", disse.

 

Semana da Água

 

A secretaria de Meio Ambiente preparou uma programação especial para comemorar o Dia Mundial da Água em Contagem. Na segunda-feira (21/3), foi realizada blitz educativa, na Praça da Jabuticaba, Centro. Nessa quarta-feira (23/3), será realizada uma edição especial da Agenda 21, às 14h, no Parque Gentil Diniz, com uma palestra da Copasa sob o tema Água: se não cuidar, vai faltar.

 

Para diretora de Educação Ambiental, Fernanda Alves, a proposta é conscientizar as pessoas para continuarem economizando água, principalmente nesse período do ano que chuvas ficam mais escassas. "Ano passado fizemos um trabalho muito grande para alertar as pessoas, pois estávamos passando por uma crise hídrica, mas se não continuarmos com as ações de preservação e economia, o risco de faltar água é bem real", disse.

 

Contagem das Nascentes

 

O Projeto Contagem das Nascentes contemplará todas as bacias do município, objetivando a recuperação e preservação de nascentes baseado na proteção legal das APPs, visando a relação direta de recursos hídricos superficiais e águas subterrâneas. Além do projeto ser um ponto de partida estratégico para recuperação dos recursos hídricos, é também para preservar a estabilidade geológica, a biodiversidade, a transferência dos genes da fauna e flora, proteger o solo, manter e ampliar a beleza cênica da paisagem e assegurar o bem-estar da população, desenvolvendo ações de educação ambiental. A inscrição do projeto será voluntária e sem custo. Informações para cadastramento: 3391-9349.

28-03-2016