Edital será lançado no Dia Mundial da Água, 22 de março



Dia 22 de março, Dia Mundial da Água, será lançado o edital do Mestrado Profissional da Unesp em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos, iniciativa com recursos da Agência Nacional de Águas (ANA) e coordenação da Faculdade de Engenharia da Unesp em Ilha Solteira (FEIS).

 

O curso terá cem vagas distribuídas nas seguintes instituições associadas: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal do Espírito Santos (UFES), Universidade Estadual do Amazonas (UEA), Universidade Federal do Pernambuco (UFPE), Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), além da própria FEIS, na Unesp em Ilha Solteira.

 

Na categoria ‘Profissional’, o mestrado é voltado à produção de ciência com um foco acentuado na aplicação do conhecimento e na resolução de problemas. Por isso, os candidatos devem ser preferncialmente funcionários de secretarias, órgãos ou empresas de gestão de recursos hídricos, saneamento, abastecimento, hidroeletricidade, organizações do terceiro setor com atuação na área ambiental ou atividades relacionadas. Haverá uma prova nacional unificada, e depois uma seleção em etapas, realizada de forma independente em cada pólo. A aplicação do exame será viabilizada pelo Núcleo de Educação a Distância da Unesp (NEaD).

 

Carlos Afonso Nobre, presidente da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) ressalta a importância do formato do curso. “A Capes vem estimulando há cerca de quinze anos os programa de pós-graduação em rede porque no futuro nós vamos precisar operar de uma maneira muito mais colaborativa”, ressaltou.

 

“São visões diferentes e de áreas distintas do conhecimento, como engenharia, geografia e ciências sociais”, afirma Jefferson Nascimento de Oliveira, professor da FEIS e coordenador geral do mestrado. “Um país continental como o Brasil não pode insistir em tratar problemas complexos e com especificidades regionais de maneira massificada. Temos que trocar e aglutinar experiências de maneira interinstitucional e interdisciplinar.”

 

Taciana Neto Leme, coordenadora de Capacitação do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos da ANA e uma das idealizadoras do projeto, afirma que a iniciativa é planejada há oito anos. “Foi com muita alegria que nós recebemos a disposição da Unesp para coordenar o curso”, disse. “Além de ter excelência na pesquisa e ensino sobre recursos hídricos, a Universidade já tem expertise no uso de educação a distância, que terá vital importância na seleção e no oferecimento das disciplinas obrigatórias do curso.”

 

“Desejo como cidadão brasileiro que esse trabalho posso significar de fato uma melhoria na maneira como nós desempenhamos a gestão dos recursos hídricos, formando grandes profissionais para dar as respostas aos muitos problemas que temos relativos à água”, acrescenta Arlindo Philippi Jr, vice-presidente da Capes.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação e Imprensa Unesp

15-03-2016