Uma lixeira para o oceano



Inventam um recipiente para o lixo que captura os resíduos flutuantes no mar.

 

O lixo que o homem produz converteu-se em um enorme problema para nosso planeta. Os resíduos sólidos, entre os que se contam aos milhares as garrafas e sacolas plásticas, poluem os rios e mares. Agora, uma equipe de entusiastas amantes do oceano inventou um “contêiner de lixo marinho” (seabinproject.com), um dispositivo que pode capturar a sujeira que flutua na superfície do mar.

 

O princípio de funcionamento é simples. Os criadores do Seabin colocaram uma malha dentro de um recipiente para lixo e instalaram tubos no fundo do tanque para retirar a água com ajuda de uma bomba. O dispositivo é colocado alguns centímetros abaixo da superfície da água, e imediatamente todos os resíduos flutuantes são apanhados dentro do recipiente. A água é bombeada de volta ao oceano, e em alguns casos pode-se acrescentar um filtro para eliminar óleo ou petróleo.

 

No interior, esta lixeira tem uma grade de tecido que permite capturar todos os resíduos. Quando o contêiner enche-se, a grade pode ser retirada manualmente e substituída por outra. O processo de manutenção é muito simples e permite que qualquer pessoa no planeta possa utilizar o contêiner de lixo marinho sem preocupar-se em depender de complicadas ferramentas.

 

Projeto financiado

 

Os inventores do Seabin não recorreram ao financiamento convencional para obter recursos para seu projeto. A Internet oferece acesso a plataformas que permitem arrecadar fundos graças à contribuição de milhares de pessoas. Os entusiastas inventores utilizaram uma página web para difundir sua ideia e criaram uma página para captar recursos no portal de crowdfunding Indiegogo, onde o Seabin esteve à venda por 3,835 dólares e ofereciam-se outros benefícios para pessoas que doassem dinheiro. Rapidamente a página alcançou a meta de captar 230 mil dólares para financiar a fabricação maciça do Seabin.

 

Andrew Turton e Pete Ceglinski, fundadores do projeto Seabin, indicam que desenvolveram a lixeira porque amam o oceano e desejavam encontrar uma solução para o lixo que flutua na água. Até agora, a solução era utilizar pequenas embarcações com redes para capturar o lixo, mas esta solução resulta muito custosa e pouco prática. Ao procurar uma solução de baixo custo, desenvolveram o conceito do Seabin, um contêiner de lixo que poderia funcionar capturando resíduos 24 horas por dia, todos os dias do ano. O Seabin ocupa muito pouco espaço e pode ser instalado em clubes de barcos, portos ou moles.

 

Soluções como a lixeira do Seabin são de muita ajuda para reduzir a contaminação marinha. Os estudantes da área ambiental da FUNIBER, desenvolvem projetos para reduzir a contaminação do ambiente, e em alguns casos soluções similares ao Seabin podem resultar muito úteis.

 

Fonte: Seabinproject.com

15-02-2016