Crise hídrica leva Copasa a implantar rodízio em quatro cidades mineiras



A seca e estiagem que afeta o Estado levou a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) a implantar, nesta quinta-feira (22), o rodízio de água em quatro municípios.

 

O abastecimento está ocorrendo, em horários determinados, nas cidades de Carlos Chagas (Vale do Jequitinhonha), Visconde do Rio Branco, Astolfo Dutra e Ubá, na Zona da Mata.

 

Segundo a Copasa, "para garantir o fornecimento de água aos moradores durante o período crítico, a Companhia iniciou o rodízio como medida emergencial".

 

A Copasa garantiu que, além do rodízio, está perfurando poços profundos e enviando caminhões-pipa, quando necessário.

26-10-2015