Chamas atingiram 12 Áreas de Preservação do Estado nesta quinta-feira



Doze Áreas de Preservação Ambiental de Minas Gerais foram palco de combate à incêndios nesta quinta-feira (24), de acordo com levantamento divulgado pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF). Entre as áreas atingidas está o Parque Estadual da Serra do Rola Moça, na região metropolitana de Belo Horizonte, que voltou a ter novos focos de incêndio dois dias após chamas que consumiram mais de mil hectares serem debeladas.

 

O forte calor que vem atingindo o Estado nesta semana, conciliado com a baixa umidade do ar seriam os principais motivos para a propagação dos incêndios. Conforme o órgão, um dos parques mais atingidos foi o da Serra da Boa Esperança, no Sul do Estado, onde brigadistas e bombeiros lutaram contras as chamas por cinco dias. Nesta quinta-feira o incêndio foi controlado, porém, segue sendo feito o rescaldo para evitar que o fogo recomece.

 

O Parque Estadual do Rio Doce, localizado nos municípios de Timóteo e Marliéria, no Vale do Rio Doce, também foi alvo de chamas em seu entorno. Bombeiros também tiveram muito trabalho nesta quinta-feira no entorno do Parque Estadual da Serra do Cabral, nas cidades de Buenópolis e Joaquim Felício, no Norte do Estado.

 

O entorno do Parque Estadual da Serra do Brigadeiro, em Araponga e Fervedouro, na Zona da Mata, também foi alvo de chamas conforme o IEF. Além disso, incêndios foram combatidos no entorno ou dentro dos parques estaduais do Biribiri, em Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, e no Parque Estadual de Grão Mogol, na cidade de mesmo nome no Norte do Estado.

 

O fogo também castiga três territórios de Áreas de Proteção Ambiental (APA), como de Rio Pandeiros, em Januária, no Norte de Mina; a APA Águas Vertentes, em Diamantina e Serro, no Vale do Jequitinhonha; e APA Alto Mucuri, em Teófilo Otoni, no Nordeste do Estado.

 

Dois Refúgios de Vida Silvestres localizados na região metropolitana de Belo Horizonte também foram atingidos por chamas, sendo eles o Serra das Aroeiras, localizado em Pedro Leopoldo e São José da Lapa, na grande BH; e o Macaúbas, em Lagoa Santa e Santa Luzia.

 

28-09-2015