Projeto obriga fabricantes de Minas Gerais a recolherem televisores usados



Um projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) obriga fabricantes, distribuidoras e empresas que comercializam televisores em Minas Gerais a recolherem, reciclarem e destruírem produtos usados. O PL 239/2015 foi aprovado neste mês pela Comissão de Constituição e Justiça. Agora, a proposta deve passar pelo crivo da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável até ser votado em plenário pelos deputados estaduais.

 

Segundo Luiz Humberto Carneiro (PSDB), deputado estadual e relator do projeto, o ciclo de substituição de produtos eletrônicos está cada vez mais acelerado, e isso aumenta a preocupação com a destinação do lixo eletrônico, "pois, muitas vezes, o consumidor não tem acesso facilitado ao descarte correto de máquinas e equipamentos eletrônicos inutilizados", disse. O parlamentar ainda lembrou que a mudança no padrão de transmissão dos aparelhos de TV, do analógico para o digital tende a aumentar o número de produtos descartados. "Mais um motivo para promovermos o descarte correto desses equipamentos, e é esse o objetivo do projeto", afirmou.

 

Levantamento recente feito pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) aponta que a indústria do setor gera, por ano, 41 milhões de toneladas de lixo eletrônico de produtos como computadores e telefones celulares. E o cenário deve piorar nos próximos anos. Especialistas dizem que até 2017 a quantidade de lixo eletrônico deve chegar a 50 milhões de toneladas.

 

Shopping de BH recolhe lixo eletrônico

 

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no dia 5 deste mês, o shopping Pátio Savassi, em Belo Horizonte, está recolhendo, até o final de junho, lixos eletrônicos como televisores, videocassetes, computadores, notebooks, monitores, celulares, câmeras, filmadoras, rádios, pilhas, baterias, eletrodomésticos portáteis, fitas, CDs, DVDs, cabos e lâmpadas. O material coletado, que deve ter dimensões de até 60x60cm, será reaproveitado ou descartado de forma adequada, sem danos para o meio ambiente.

 

Um coletor foi implantado no Piso G4, no hall do elevador, para receber os resíduos e dar o correto descarte a eles. Os papas-pilhas e baterias podem ser encontrados nos pisos L1 e L2 do shopping.

29-06-2015