Em Fortaleza, 1.305 geradores de lixo são fiscalizados durante operação



A fiscalização dos grandes geradores de resíduos sólidos completou um mês na quinta-feira (18) com 1.305 estabelecimentos visitados, segundo a Prefeitura de Fortaleza. A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), registrou 476 autuações, sendo 22,69% consideradas leves, 3,99% médias, 73,11% graves e 0,21% gravíssimas.

 

As vistorias começaram no dia 18 de maio, após aprovação de lei que estabelece medidas mais rígidas para os grandes geradores de resíduos sólidos em situação irregular. Desde então, ocorreram vistorias em barracas de praia, restaurantes, lojas de varejo, supermercados, escolas particulares, transportadoras, construtoras, panificadoras e postos de gasolina localizados nas principais áreas produtoras de lixo da cidade, o que correspondem a 49 bairros das Regionais Centro, II e VI. A fiscalização dos grandes geradores de resíduos sólidos completou um mês na quinta-feira (18) com 1.305 estabelecimentos visitados, segundo a Prefeitura de Fortaleza. A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), registrou 476 autuações, sendo 22,69% consideradas leves, 3,99% médias, 73,11% graves e 0,21% gravíssimas.

 

As vistorias começaram no dia 18 de maio, após aprovação de lei que estabelece medidas mais rígidas para os grandes geradores de resíduos sólidos em situação irregular. Desde então, ocorreram vistorias em barracas de praia, restaurantes, lojas de varejo, supermercados, escolas particulares, transportadoras, construtoras, panificadoras e postos de gasolina localizados nas principais áreas produtoras de lixo da cidade, o que correspondem a 49 bairros das Regionais Centro, II e VI.

24-06-2015