Crise hídrica terá debates nas regiões da Mata e Central



Requerimentos solicitando audiências sobre a crise hídrica foram aprovados, nesta quinta-feira (18/6/15), em reunião da Comissão Extraordinária das Águas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). De autoria do deputado Glaycon Franco (PTN), será realizada reunião em Conselheiro Lafayette (Região Central do Estado), para discutir a crise hídrica e a situação preocupante do rio Paraopeba. Já o deputado Noraldino Júnior (PSC) solicitou audiência em Juiz de Fora (Zona da Mata), também para discutir a crise hídrica e seus reflexos na região.

 

Além disso, foi aprovado requerimento dos deputados Iran Barbosa (PMDB) e Rogério Correia (PT) para debate público a respeito do programa “Cultivando Água Boa”. Realizado pela Itaipu Binacional desde 2003, o programa consiste numa rede de proteção dos recursos da Bacia Hidrográfica do Paraná 3, localizada no oeste do Paraná, na confluência dos rios Paraná e Iguaçu. Será discutida a possibilidade de criar uma política pública estadual inspirada nessa iniciativa.

 

Água Mineral – Por fim, foi aprovada realização de audiência em São Lourenço (Sul de Minas) para discutir maneiras de realizar a extração de água mineral na região de forma responsável, para evitar a extinção das fontes. A solicitação é do deputado Arnaldo Silva (PR).

23-06-2015