Curso da Ceat capacitou 197 pessoas para operação de decibelímetro no Estado

A Central de Apoio Técnico (Ceat) do Ministério Público Estadual (MPE) desenvolveu um programa de capacitação visando tornar o apoio técnico na medição de ruído mais próximo dos promotores de Justiça que atuam nas comarcas do interior.

Ao final, a Ceat capacitou 197 pessoas para operação do decibelímetro e para preenchimento do formulário de medição, agora espalhados por todo o Estado.

"Essa capacitação, somada ao fato de que o Ministério Público instalou decibelímetro em 16 Promotorias de Defesa do Meio Ambiente, permitirá realizar operações de verificação de poluição sonora com mais dinamismo e com expressiva redução de custos de deslocamento para a Procuradoria-Geral de Justiça", destaca o coordenador da Ceat, promotor de Justiça Edson Resende de Castro.

Os analistas Almir Loures e Fernando Eto percorreram o Estado ministrando o curso, agrupando os inscritos em cidades pólo.

Segundo Edson Resende de Castro, o curso representa uma evolução do projeto Peritos da Promotoria, uma vez que alcança outros interessados. Porque além dos peritos da Promotoria, previamente indicados por promotores de Justiça com atuação na área ambiental e por promotores com atuação no Juizado Especial Criminal, participaram também analistas e oficiais do Ministério Público e policiais militares.