Comissão visitará Cidade das Águas Unesco-Hidroex

 Na próxima sexta-feira (8/5/15), deputados da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) vão visitar o complexo Cidade das Águas Unesco-Hidroex, em Frutal (Triângulo Mineiro), para conhecer e discutir os programas e ações de preservação ali promovidos, que visam a contribuir para a melhoria da gestão dos recursos hídricos no Estado de Minas Gerais. A audiência pública da Comissão Extraordinária das Águas será realizada às 10 horas, no Anfiteatro Unesco Hidroex Frutal (Av. Professor Mário Palmério, 1.000, bairro Universitário). O evento foi requerido pelos deputados Arnaldo Silva (PR) e João Alberto (PMDB).

A Comissão das Águas estará em Frutal na próxima sexta (8) - Arquivo/ALMG A Comissão das Águas estará em Frutal na próxima sexta (8) - Arquivo/ALMG - Foto: Alair Vieira

 

“Queremos discutir a importância do Hidroex para Frutal e para Minas Gerais. Podemos analisar a necessidade de reformularmos os objetivos da instituição mas, mais do que isso, vamos assegurar a permanência do Hidroex na região”, afirmou o deputado Arnaldo Silva. O deputado João Alberto lembrou que a questão dos recursos hídricos vem ganhando importância no País. "A preservação da água é um tema que tem sido muito discutido, principalmente por causa da crise hídrica que vivemos. Precisamos saber mais sobre a gestão da Cidade das Águas”, avalia.

 

A Cidade das Águas, que começou a ser construída em 2012, é um complexo de mais de 1 milhão de m², atualmente em fase final de implantação no município de Frutal. O local sediaria laboratórios de alta complexidade, bibliotecas, auditórios, escritórios, salas de aula, alojamentos e restaurantes.

 

Toda a estrutura é destinada ao estudo dos recursos hídricos e à busca de requalificação no uso das águas. O local foi projeto para se tornar um centro internacional de pesquisa, com foco na conservação do patrimônio hidrológico da América Latina e das nações africanas de língua portuguesa. É uma iniciativa que envolveu os governos estadual e federal e conta com a chancela da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

 

Convidados – Estão convidados para a audiência os deputados membros da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da ALMG; o prefeito de Frutal, Mauri José Alves; o presidente da Câmara Municipal de Frutal, vereador Marcelo Luis de Oliveira; o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais e presidente interino da Hidroex - Fundação Centro Internacional de Educação, Capacitação e Pesquisa Aplicada em Águas, Miguel Corrêa da Silva Júnior; e os deputados federais Aelton Freitas (PR-MG) e Caio Nárcio Rodrigues (PSDB-MG).

 

Também foram chamados o secretário nacional de Políticas e Programas de Pesquisas e Desenvolvimento do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, Jailson Bittencourt de Andrade; o diretor-presidente da Agência Nacional de Águas, Vicente Andreu Guillo; o representante da Unesco no Brasil, Lucien Andre Muñoz; o diretor-presidente da Cemig, Mauro Borges Lemos; e a diretora-presidente da Copasa, Sinara Inácio Meireles Chenna.

 

Outros convidados são o ex-deputado federal e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia de Minas Gerais, Nárcio Rodrigues da Silveira; a diretora-geral do Igam, Maria de Fátima Chagas Dias Coelho; o ex-presidente da Hidroex - Fundação Centro Internacional de Educação, Capacitação e Pesquisa Aplicada em Águas, Octávio Elísio Alves de Brito; e o vice-prefeito de Brumadinho, Breno de Castro Alves Carone.

05-05-2015