Municípios do semiárido vão receber capacitação do Programa Água Doce



De 28 a 30 de abril, o Governo de Minas Gerais, em parceria com o Governo Federal, promove, em Montes Claros, a Oficina de Capacitação do Programa Água Doce (PAD).

 

O programa promove o acesso à água de boa qualidade para consumo humano, por meio da dessalinização de águas subterrâneas, incorporando cuidados ambientais, técnicos e sociais. De modo simplificado, o sistema purifica a água salobra, coletada por meio de poços, e a disponibiliza em chafarizes.

 

Em Minas Gerais, serão instalados dessalinizadores em 69 localidades rurais do semiárido, que sofrem com elevados déficits hídricos. Cada sistema de tratamento terá capacidade para atender, em média, 400 pessoas.

 

O evento vai reunir os prefeitos dos 85 municípios do semiárido mineiro, além de secretários municipais, técnicos e consultores em saneamento e representantes das comunidades que vão acompanhar a execução do programa.

 

O objetivo é capacitar as equipes que vão realizar os diagnósticos socioambientais e técnicos nos municípios, fundamental para qualificar as localidades e apontar qual a solução ideal de abastecimento para cada uma delas, seja a recuperação ou implantação dos sistemas dessalinizadores, ou ainda, com outro programa de acesso à água.

 

Durante a oficina, os consultores do Ministério do Meio Ambiente vão apresentar toda a metodologia para realização do diagnóstico junto às localidades, além das orientações para coleta e organização e dos dados obtidos.

 

Nos três dias de evento, os técnicos serão capacitados para realizar o diagnóstico socioambiental, com ênfase na sustentabilidade ambiental e na mobilização social, e para a elaboração do diagnóstico técnico dos sistemas de dessalinização. Haverá ainda aulas práticas, com a realização de um Dia de Campo, quando os técnicos verão, in loco a aplicação da metodologia do Programa Água Doce na comunidade rural.

 

29-04-2015