Membros da CCR do Alto debatem sobre a atualização do Plano de Bacia



Integrantes da Câmara Consultiva Regional do Alto São Francisco iniciaram na manhã de hoje, 24 de fevereiro, em Belo Horizonte, a sua primeira reunião do ano. No encontro estão em debate assuntos como a atualização do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do São Francisco, a situação hídrica do reservatório de Três Marias e os projetos hidroambientais que são financiados pelo Comitê do São Francisco. A reunião, que é conduzida pelo coordenador da Câmara, Marcio Tadeu Pedrosa, conta com a presença do secretário e do vice-presidente do CBHSF, Maciel Oliveira e Wagner Soares, respectivamente.

 

De acordo com Soares, o Comitê vem ganhando visibilidade ao longo do tempo, tendo como um dos principais desafios a busca de uma maior aproximação com os ministérios e assembleias legislativas estaduais para ver como as políticas de meio ambiente podem beneficiar os recursos hídricos e a bacia do Velho Chico.

 

Na oportunidade, Pedro Bettencourt, diretor da empresa portuguesa Nemus, contratada para realizar a atualização do plano de recursos hídricos da bacia do São Francisco, apresentou o planejamento das ações previstas, entre as quais a coleta de dados, mobilizações, consultas públicas, oficinas setoriais e relatórios. Com investimento de quase R$ 7 milhões, espera-se que o plano seja atualizado em até 20 meses. A Nemus deu inicio às atividades no final de 2014.

 

Ainda na programação da reunião está a entrega oficial, ainda nesta terça-feira, a partir das 14 horas, dos seis primeiros Planos Municipais de Saneamento Básico na região do Alto São Francisco, financiados com recursos (cerca de R$ 1,5 milhão) advindos da cobrança pelo uso das águas do rio. As cidades mineiras contempladas com os PMSB são: Bom Despacho, Lagoa da Prata, Moema, Pompéu, Abaeté e Papagaios.

09-06-2015