CBHSF finaliza os seis primeiros Planos Municipais de Saneamento Básico no Alto São Francisco



Pensando em fortalecer as ações de preservação e manutenção dos afluentes da bacia do Velho Chico, com a minimização das cargas de poluição lançadas nos cursos d´água, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco-CBHSF inicia o ano com uma boa novidade. O Comitê concluiu a elaboração dos seis primeiros Planos Municipais de Saneamento Básico na região do Alto São Francisco, em Minas Gerais.

 

Financiados em cerca de mais de 1,5 milhão de reais, advindos da cobrança pelo uso das águas do rio São Francisco, os municípios mineiros contemplados com os planos são Bom Despacho, Lagoa da Prata, Moema, Pompéu, Abaeté e Papagaios.

 

As solenidades de entrega dos documentos aos municípios, que acontecem desde o ultimo dia 20 de janeiro, finalizarão nesta quinta-feira, dia 29, na Câmara de Vereadores de Papagaios (MG). O evento contará também com a presença de representantes do poder público, da sociedade civil e dos usuários das águas do Velho Chico.

 

De acordo com a mobilizadora social Luciana Gomes, da Cobrape Ltda – Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos, empresa licitada pela agência delegatária do CBHSF, AGB-Peixe Vivo, para executar a elaboração dos seis planos, o processo de construção dos documentos, em Minas Gerais, foi muito rico, principalmente no sentido de ampliação do entendimento do que é um comitê de bacia para a população e da importância do planejamento de um sistema de saneamento básico, visando a preservação do meio ambiente e dos recursos hídricos. “Em todos os municípios as pessoas das comunidades foram bastante receptivas e curiosas”, lembra a mobilizadora.

 

Para o presidente do CBHSF, Anivaldo Miranda, a elaboração dos planos representa o compromisso efetivo do CBHSF com o processo da revitalização da bacia. “Recebemos demanda de mais de 90 prefeituras, mas até agora só podemos atender 24 municípios, distribuídos em todas as regiões fisiográficas da bacia, pela limitação dos recursos. Entretanto, continuaremos na batalha e, depois da conclusão de todos os planos, o nosso compromisso é de acompanhar para ver se as prefeituras estão fazendo com que eles saiam do papel”, disse Miranda.

A região do Alto São Francisco foi a primeira a ter o serviço de elaboração dos planos contratados e concluídos, e nas outras regionais os planos vão de vento em popa.

 

Cenário dos Planos em outras regiões da bacia

Dos planos já contratados e em andamento, na região do Baixo São Francisco, os municípios contemplados são: Belo Monte (AL), Igreja Nova (AL), Feira Grande (AL), Ilha das Flores (SE), Propriá (SE), Telha (SE) e Traipu (AL). No Médio São Francisco são Angical (BA), Catolândia e São Desidério (BA). E no Submédio São Francisco, Afogados da Ingazeira (PE), Flores (PE) e Pesqueira (PE).

 

Já dos planos ainda em processo licitatório para a sua elaboração são, no Médio São Francisco, Carinhanha (BA) e Barra (BA); e no- Submédio Mirangaba, Jacobina e Miguel Calmon, todos na Bahia.

 

ASCOM – Assessoria de Comunicação do CBHSF

05-02-2015