ASSEMAE auxilia Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Rio São Francisco



Referência nacional em saneamento básico, a ASSEMAE foi convidada a auxiliar a atualização do Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. No dia 16 de janeiro, o consultor da Nemus-Gestão e Requalificação Ambiental, Emiliano Santiago, esteve na sede da entidade, em Brasília, para solicitar os dados cadastrais dos serviços municipais de saneamento que compõem a região da bacia.

Como integrante do Comitê da Bacia do Rio São Francisco, a ASSEMAE se comprometeu a repassar as informações requisitadas, que incluem os níveis de atendimento de água e esgoto por cada município, localização geográfica de mananciais para abastecimento, estações de tratamento, condições estruturais dos serviços, qualidade da água e fontes de poluição, além dos planos municipais de saneamento e os investimentos previstos até 2025, com influência nos recursos hídricos.

O estudo é uma realização da AGB Peixe Vivo, uma agência de bacias com personalidade jurídica, indicada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, para o exercício de suas atribuições legais. A agência tem como finalidade prestar o apoio técnico-operativo à gestão dos recursos hídricos, mediante o planejamento, a execução e o acompanhamento de ações deliberadas e determinadas por cada Comitê de Bacia ou pelos Conselhos de Recursos Hídricos Estaduais ou Federais.

Para a atualização do Plano de Recursos Hídricos do São Francisco, a AGB Peixe Vivo contratou os serviços da consultoria Nemus-Gestão e Requalificação Ambiental, uma empresa global que oferta soluções para o desenvolvimento sustentável, baseadas no rigor científico, competência técnica e abordagem integrada dos problemas.

Participaram da reunião o secretário executivo da ASSEMAE, Francisco Lopes, e o diretor administrativo e financeiro da entidade, Rafael Bastos.

 

Como integrante do Comitê da Bacia do Rio São Francisco, a ASSEMAE se comprometeu a repassar as informações requisitadas, que incluem os níveis de atendimento de água e esgoto por cada município, localização geográfica de mananciais para abastecimento, estações de tratamento, condições estruturais dos serviços, qualidade da água e fontes de poluição, além dos planos municipais de saneamento e os investimentos previstos até 2025, com influência nos recursos hídricos.

 

O estudo é uma realização da AGB Peixe Vivo, uma agência de bacias com personalidade jurídica, indicada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, para o exercício de suas atribuições legais. A agência tem como finalidade prestar o apoio técnico-operativo à gestão dos recursos hídricos, mediante o planejamento, a execução e o acompanhamento de ações deliberadas e determinadas por cada Comitê de Bacia ou pelos Conselhos de Recursos Hídricos Estaduais ou Federais.

 

Para a atualização do Plano de Recursos Hídricos do São Francisco, a AGB Peixe Vivo contratou os serviços da consultoria Nemus-Gestão e Requalificação Ambiental, uma empresa global que oferta soluções para o desenvolvimento sustentável, baseadas no rigor científico, competência técnica e abordagem integrada dos problemas.

 

Participaram da reunião o secretário executivo da ASSEMAE, Francisco Lopes, e o diretor administrativo e financeiro da entidade, Rafael Bastos.

27-01-2015