Votos verdes já começam a ser disputados em BH

Além da disputa pela aliança com o prefeito Marcio Lacerda (PSB), PT e PSDB começam a flertar com uma terceira via na corrida pelo Executivo da capital mineira em 2012. Informações de bastidores dão conta de que o ex-deputado federal e ex-candidato ao governo de Minas José Fernando Aparecido (PV) já está se articulando internamente e fora do partido. Prova disso é que ele recusou um convite da presidente Dilma Rousseff para ser representante do Ministério da Cultura em Minas.

O objetivo, segundo fontes ligadas ao ex-deputado, seria não se comprometer com nenhum partido até que os rumos do PV estejam definidos no Estado e em Belo Horizonte.


Paralelamente, José Fernando se dedica ao projeto da ex-senadora Marina Silva de reestruturar o PV em todo o país. "Recusei o convite de Dilma para ser assessor voluntário da Marina. Vamos percorrer o Brasil para reestruturar o Partido Verde", explica. Mas o trabalho "voluntário" também pode render um bom capital político, já que José Fernando vai associar ainda mais sua imagem à da ex-candidata a presidente, que, nas eleições de 2010, saiu vitoriosa em Belo Horizonte.


PT, PMDB e PSDB já estariam assediando José Fernando para possíveis alianças em 2012. O ex-deputado admite que, informalmente, já foi sondado. "Eu percebo que o PV está cada vez mais forte e que terá um papel fundamental na disputa do ano que vem", afirma, sem confirmar se pretende ou não ser o nome do PV para a sucessão na capital.


"Meu título ainda está registrado em Conceição do Mato Dentro. É claro que ele pode ser transferido, mas não há nada de concreto", diz.


O deputado estadual petista Rogério Correia admite que o nome de José Fernando é cobiçado pelo PT. "O Zé Fernando teve uma função importante no processo eleitoral de 2010. Nos interessa muito que essa aliança com ele se efetive", afirma.


O PMDB também não descarta a possibilidade de aliança com o PV. "Se ele (José Fernando) viesse para o nosso campo, seria muito bem-vindo", diz o deputado estadual Sávio Souza Cruz (PMDB).