Veto a alteração em estação ecológica é rejeitado



O Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) rejeitou o Veto Total à Proposição de Lei 22.287, que trata da alteração dos limites da Estação Ecológica de Arêdes, em Itabirito (Região Central do Estado). Ao todo, 40 deputados votaram contra a manutenção do veto, na Reunião Extraordinária desta segunda-feira (15/12/14).A Proposição de Lei 22.287 teve origem no Projeto de Lei (PL) 3.687/13, de autoria do próprio governador, que originalmente alterava os limites do Parque Estadual da Serra do Papagaio, no Sul de Minas. Na forma em que foi aprovado em Plenário, porém, o projeto passou a modificar os limites da Estação Ecológica de Arêdes, que passaria a contar com área total de 1.281,32 hectares, de modo a permitir melhor preservação da flora e da fauna da região.

 

O governador vetou integralmente a proposição alegando a necessidade de estudos técnicos mais aprofundados que justifiquem a necessidade de alteração nos limites da Estação Ecológica de Arêdes. O Plenário não acompanhou a posição da Comissão Especial, que opinou pela manutenção do veto.