FIEMG realiza seminário sobre produção e consumo sustentável



O Brasil vem assumindo, na esteira da tendência mundial, uma postura de valorização de políticas que visem orientar a economia e a sociedade da importância do desenvolvimento sustentável. Nesta linha, ao aderir ao processo de Marrakesh junto à ONU, o país assumiu o compromisso de promover e estimular o consumo sustentável e a produção mais limpa.

 

O Plano de Produção e Consumo Sustentáveis elaborado pelo Ministério do Meio Ambiente estabelece inicialmente metas estratégicas nos seguintes segmentos prioritários.

 

- educação para o consumo;

- compras públicas sustentáveis;

- agenda ambiental para a administração pública;

- aumento de reciclagem de resíduos sólidos;

- Varejo sustentável;

- construções sustentáveis.

 

Outro eixo importante para a implementação, conhecimento, prioridades e estratégias do PPCS está às ações que foquem na ampla participação dos meios de produção e consumo.

 

Neste contexto, a realização dos seminários regionais, conforme detalhado na sequência, será uma importante ferramenta de divulgação e adesão de todos os segmentos econômicos e sociais envolvidos, enquadrando-se perfeitamente nas diretrizes prioritárias elencadas nesta primeira fase do PPCS.

 

Público Alvo

 

Agentes econômicos representantes da indústria, comércio e prestadores de serviços;

Representantes da sociedade civil com interesse e atuação vinculados à sustentabilidade;

Órgãos de proteção e defesa do consumidor, especialmente entidades civis e procons;

Gestores públicos encarregados da administração e compras públicas;

Associações de classes empresariais;

Associações civis;

Instituto de estudos e pesquisas ligados às universidades federais e particulares.

 

 

Justificativa

 

Os Seminários terão a finalidade de realizar amplo debate entre todos os atores da sociedade brasileira, tais como órgãos do governo nacional, estaduais e locais, entidades de classe, organizações não governamentais, comunidades acadêmicas e científicas, instituições financeiras, além do setor produtivo e dos consumidores, buscando a promoção e a implementação de práticas de produção e consumo sustentáveis, incorporando o compromisso assumido pelo Brasil no Processo de Marrakesh, coordenado pelo PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) e pela UNDESA (Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas).

Os Seminários projetam identificar e discutir ações que levem o Brasil, de forma planejada e sistemática, buscando padrões sustentáveis de consumo e

produção nos próximos anos, concretizando-se por meio do

Plano de Ação para Produção e Consumo Sustentáveis – PPCS.

O Plano articula as principais políticas ambientais e de

desenvolvimento do País, complementando e buscando

sinergia com as demais ações governamentais.

Mais informações acesse: Seminário Produção e Consumo Sustentável.

20-11-2014