Professor da UFMG será "fiscal" da água na ONU



O professor Leo Heller, titular do departamento de engenharia sanitária e ambiental da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), foi anunciado ontem como o novo relator da Organização das Nações Unidas (ONU) para o direito à água e saneamento, em decisão tomada na sede da entidade em Genebra, na Suíça. A partir do próximo ano, como “fiscal”, Heller terá a missão de garantir que governos cumpram o dever de fornecer água e saneamento a sua população.

 

"O direito humano à água é um conceito capaz de aglutinar as forças da sociedade para a garantia de acesso a toda a população de água com qualidade e de condições sanitárias protetoras da saúde humana", afirmou o professor. Leo Heller substitui a portuguesa Catarina Albuquerque que, desde 2013, vem causando uma série de dores de cabeça aos governos estaduais e federal no Brasil. Em visita em dezembro daquele ano, apenas para constatar a crise de saneamento e água no país, Catarina constatou que 77 milhões de brasileiros ainda não têm um abastecimento de água regular e de qualidade. Ela também apontou em relatório que 114 milhões de brasileiros não têm uma solução sanitária apropriada.

 

Há um mês, a portuguesa se envolveu em outra crise diplomática ao acusar o governo de São Paulo de ser responsável pela falta de água na cidade. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) enviou uma carta ao secretário-geral da ONU, Ban Ki Moon, para se queixar, mas Catarina Albuquerque manteve sua posição.

 

A partir de 2015, Leo Heller assume a função e irá percorrer o mundo para identificar de que forma governos estão agindo para garantir que seus cidadãos tenham acesso à água e fazer recomendações para que violações sejam ratificadas.

 

Heller é graduado em engenharia civil pela UFMG (1977) e tem mestrado em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos (1989) e doutorado em Epidemiologia (1995) pela mesma instituição, segundo informa no site Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do qual é pesquisador é bolsista. Entre 2005 e 2006, ele realizou pós-doutorado na University of Oxford.

 

CURRÍCULO Atual professor titular do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFMG, Heller já assumiu outras funções administrativas na federal mineira, como chefe do departamento (1995), pró-reitor adjunto de pós-graduação (1995-98), diretor da Escola de Engenharia (1998-2002) e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos (2006-2008). Leo Heller mantém vínculo institucional com a University of Oxford, OX, Inglaterra; Escuela de Estudios Hispano – Americanos, EEHA, Espanha; e Universidad de Zaragoza, Unizar, Espanha.

12-11-2014