Dia Mundial da Água recebe comemoração especial na Copasa

A Copasa preparou uma programação especial para a semana em que se comemora o Dia Mundial da Água (22/03), com ações que se estenderão entre os dias 19 e 27/03, na capital mineira e em todas as regiões do Estado. A exemplo da Campanha da Fraternidade de 2011 e da Organização das Nações Unidas (ONU), a Copasa homenageia e convida as pessoas a refletir sobre a importância da água.

Para a empresa todo dia é dia da água. E cuidar dela é uma grande responsabilidade. Por isso, além de tratar e distribuir realiza diversas ações de monitoramento e conscientização para o uso racional. Com a campanha "Água da Gente" a Companhia presta uma homenagem à água no intuito de mobilizar e provocar uma reflexão sobre o recurso natural mais importante do planeta - a Água.

Além da criação de um hotsite para registrar e postar gestos de amor, por meio de fotos, filmes e até mesmo mudança de atitudes, o projeto conta com a adesão de várias entidades de classe, instituições de ensino, clubes esportivos, supermercados e shopping para ajudar na propagação dessa corrente.

A expectativa é que essa mensagem se espalhe e ajude na reflexão sobre a necessidade do uso consciente dos recursos hídricos, chamando atenção para os impactos do rápido crescimento urbano e das incertezas provocadas pelas mudanças climáticas, os conflitos e as catástrofes naturais.

Para subsidiar as ações foram feitos adesivos, marcadores de livros e balões com a marca de um coração formado pela união de duas gotas, com o slogan "Água da Gente".

De acordo com a programação, a partir do dia 19/03, várias ações serão realizadas. A abertura oficial das comemorações do Dia Mundial da Água será no dia 20/03, no Mercado Central com a apresentação de musical "Canção para as águas" pelo Coral Copasa.

Vale destacar na programação as ações que acontecerão, no dia 22, às 9h30, no CEAM Barreiro - Centro de Educação Ambiental. No local, o Coral Infantil do Instituto São Rafael fará uma apresentação musical e visitará a "trilha interpretativa". Essa trilha é um caminho educativo adaptado para portadores de deficiências visuais, com a identificação das espécies da flora local, em linguagem escrita em braile, permitindo aos visitantes o contato direto com a natureza. O caminho tem uma extensão de aproximadamente 300 metros, passando pelo interior da mata até o córrego do Barreiro onde é feita a captação de água bruta que abastece parte da população da região.