Garis retiraram 3.300 toneladas de lixo dos córregos em 2010


No Dia Mundial das Águas, comemorado nesta terça-feira, dia 22, Belo Horizonte tem muito o que avançar em relação a preservação de sues córregos e rios. A falta de conscientização por parte da população é um dos agravantes do problema.

Somente em 2010, a Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) retirou no último ano dos rios e córregos da cidade 772 toneladas de entulho e 2.600 toneladas de lixo.

Além de pet, papel, sacolas plásticas, garrafas, vidro, peneiras, engradados, janelas, ferragens e até carcaças de motos, os garis da Prefeitura retiraram 126 televisões,12 geladeiras, 42 computadores, 89 sofás, 32 guarda-roupa, 34 colchões, 126 baldes, 244 latas de variados tamanhos, 191 pneus, 33 cadeiras, 38 tanquinhos, 10 ventiladores, 41 bacias, 10 camas, 8 mesas, 7 malas, 6 armários, 4 portas, 2 vasos sanitários, 5 banheiras, 4 cachorros, 4 pedaços de bicicleta, 4 calotas de carro, 13 sapateiras, 29 vasos, 12 pias, 3 berços, 8 gaiolas, 6 velotrol, 8 gavetas, 5 para-choques, 3 rádios, 2 tambores de 200 litros, 23 telhas, 17 carrinhos de brinquedo, entre outros.

A limpeza dos córregos é feita de quatro em quatro meses. O objetivo da limpeza é evitar acúmulo de lixo, que retém a vazão da água e provoca enchentes.

Evento para crianças e adolescentes

Para lembrar a todos da importância de preservar nossos cursos d'água, a SLU promove no dia 26 de março, de 8h30 às 13h, no Parque Ecológico da Pampulha, um grande evento para comemorar o Dia Mundial da Água, com muito teatro, música, oficinas, exposições, brincadeiras e atividades de conscientização ambiental.

No local serão montados dez estandes educativos, que vão abordar temas como a preservação dos rios, a relação lixo e enchentes, o uso racional da água e a dengue, entre outros. As crianças e adolescentes poderão ainda se divertir com os brinquedos pula-pula e cama elástica, além de assistir apresentações de teatro de bonecos e de bandas de músicas.

O evento conta com a parceria do Corpo de Bombeiros, Projeto Manuelzão, Secretaria Municipal da Saúde, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Propam, Copasa, Drenurbs, Fundação Zoobotânica e Secretaria Municipal de Educação.