Lixo recolhido após eleições chega a 140 toneladas e bate recorde



A Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) divulgou na tarde desta terça-feira (7) um balanço parcial do trabalho extra devido a sujeira deixada pelos candidatos nas eleições, no último domingo (5). O número surpreende até a própria prefeitura. Foram quase 140 toneladas de papel recolhidos até a noite desta segunda-feira (6).

 

Segundo a SLU, a maior parte do material é composta de santinhos, cartazes e panfletos. A maior parte do lixo foi recolhido na região Centro-Sul, com 43,4 toneladas. Seguida pela regiões do Barreiro (18,3 t), Pampulha (13,7 t), Oeste (12,9 t), Nordeste (12,4 t), Noroeste (12,3 t), Venda Nova (10,7 t), Leste (9,2 t) e Norte (6,4).

 

O lixo foi encaminhado para o aterro sanitário de Macaúbas, em Sabará. O número superou em a média retirada nas duas últimas eleições, quando foram 10 toneladas em 2012 e 30 toneladas em 2010.

 

O trabalho ficou por conta de 900 garis, que foram deslocados na segunda-feira, às 7h30, de seu roteiro normal de trabalho para os locais de seções eleitorais. A limpeza deve continuar nos próximos dias, com previsão de término no sábado.

 

Segundo o Superintendente Vítor Valverde, embora no balanço deste ano os números apontem para um considerável aumento, a limpeza das vias foi rápida. “Precisamos aliar o empenho das equipes de limpeza a uma postura mais consciente por parte daqueles que utilizam o material de divulgação em suas campanhas, para evitar transtornos à sociedade, tais como acidentes e, principalmente, riscos de entupimentos de bocas de lobo com consequentes alagamentos”, destaca.

 

Cavaletes

Além de muito papel, outro material que está exigindo esforço da SLU são os cavaletes utilizados pelos candidatos. Em atendimento a um requerimento feito pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) à Prefeitura de Belo Horizonte, a Superintendência já recolheu 37.146 cavaletes, além de placas e baldes de cimento utilizados na fixação dessas estruturas de propaganda eleitoral.

 

As ações ocorreram entre os dias 30 de setembro e 6 de outubro, e continuam até que a cidade esteja completamente limpa. A região Centro-Sul é a campeã de cavaletes recolhidos: 13.416. Já as bases de estandarte, confeccionadas com baldes e concreto, giram em torno de 800, somente naquela região.s.

10-10-2014