Itabira tem racionamento de água de 6 horas diariamente



Os moradores de Itabira, Região Central de Minas, enfrentam racionamento de água desde segunda-feira (15). Conforme a prefeitura do município, o abastecimento é interrompido diariamente às 13 horas e restabelecido às 20 horas. O motivo do racionamento é a seca da barragem Pureza, responsável pelo fornecimento de água de 70% da população, que está operando em nível mínimo.

 

Em nota, a prefeitura garantiu que o "racionamento é uma forma que a autarquia encontrou para garantir que todas as regiões possam receber água de maneira justa e adequada, devido à longa estiagem que assola a região", e informou que o desabastecimento será por tempo indeterminado. Os hospitais do município não devem ser afetados.

 

Água suja

 

Conforme o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Itabira (Saae), devido ao racionamento, a água poderá sair com qualidade alterada, em relação a cor e turbidez, devido a interrupção no abastecimento e diminuição do volume de água nas tubulações. Neste caso, a recomendação é que o usuário procure a Central de Atendimento, pelo número 115, para providências necessárias. Segundo o Laboratório Central e a Gerência de Produção da autarquia, a presença do cloro residual livre garantirá a qualidade bacteriológica da água.

 

Captação

 

No fim de agosto, Itabira recebeu seis carretas contendo todos os equipamentos necessários para a montagem da Estação de Tratamento de Água (ETA) Rio de Peixe. Com a conclusão da obra, que está prevista para começar na próxima semana, o Saae informou que irá conseguir captar 60 litros de água por segundo (l/s) e vai atender, principalmente, os bairros Fênix, Valença, Santa Ruth, Santa Marta, João XXIII e adjacências.

 

Além da implantação da ETA Rio de Peixe, a Prefeitura e o Saae buscam ampliação da operação da ETA Gatos, com captação da Barragem Santana. O projeto está concluído e aguarda licitação para a obra. Com isso, será possível captar 100 l/s. A médio e longo prazo, haverá a captação de água no Rio Tanque que, neste momento, está em fase de licitação dos projetos. Também será construído um reservatório de água no Alto dos Pinheiros com capacidade para 2,5 milhões de litros que serão fornecidos para toda a cidade.

 

18-09-2014