Moradores reclamam de coleta de lixo e entulho em Montes Claros

Moradores de Montes Claros (MG) reclamam da prestação de serviços de coleta de lixo e do acúmulo de entulho na cidade. Segundo eles, o serviço de limpeza não está sendo realizado com frequência o que gera desconforto e até risco de doenças.

 

O internauta Rodrigo Diego Soares Rodrigues alerta para a quantidade de entulho acumulado às margens do estádio Mocão, no bairro Delfino, região sudoeste de Montes Claros. Rodrigues enviou imagens que mostra a situação do local. O entulho já atingiu parte da via, o que compromete até o transito no local. (Veja vídeo ao lado).

 

O morador teme que o descarte de lixo continue em uma área que está em fase de expansão. “Lá tem animal morto, resto de material de construção. Os moradores temem que o local vire um lixão. Os governantes afirmam que vão investir no local, mas a situação encontrada no local é contrária ao que é prometido”, afirma Rodrigues. No bairro Morrinhos, região Sul da cidade, o que chama a atenção é a quantidade de lixo nas ruas Capitão Enéas e Príncipe da Paz. O internauta Marcos Vinícius Silva Rafael enviou uma fotografia do local. A imagem mostra restos de materiais de construção, misturados a resíduos domésticos. “É muito comum achar escorpiões e ratos na escola e nas casas. O número de infectados por dengue é altíssimo nesse espaço”, diz.

 

Já os moradores do bairro Conjunto Joaquim Costa, região Sul, reclamam falta de coleta de lixo. Eles afirmam que convivem com o mau cheiro e animais peçonhentos, que se tornaram presentes com as falhas na prestação de serviço, que não está sendo realizado com periodicidade no bairro.

 

Coleta de lixo também é o problema dos moradores do bairro Carmelo. Segundo o internauta Gilner Carvalho Antunes, a coleta de lixo está comprometida a cerca de um mês. Ele cobra da administração uma solução para região.

 

Nota da Redação: A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Montes Claros informou que o entulho próximo ao estádio do Mocão será retirado. A prefeitura reconhece que no local existe uma grande quantidade de resíduos de construção, despejados por carroceiros e caminhões, por isso, o trabalho será realizado em um dia de ação do “Dia D de Combate à Dengue”.

 

O governo municipal disse ainda que irá intensificar a fiscalização no local para evitar que novos descartes de lixo sejam feitos na região.

 

Nas ruas Capitão Enéas e Príncipe da Paz, no bairro Morrinhos, a limpeza já foi realizada.

 

Quanto á coleta de lixo na cidade, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos - Esurb, afirma que os atrasos estão acontecendo devido a problemas mecânicos apresentados pelos caminhões compactadores. Segundo a Esurb, a prefeitura já realizou a compra de oito caminhões de lixo em uma licitação realizada no dia 12 de abril.

 

"Nos próximos dias será assinado o contrato com a empresa vencedora da licitação que terá 30 dias para entregar os veículos", esclarece a Esurb.

 

Segundo a prefeitura, ainda nesta semana será divulgado edital para contratação em caráter emergencial de 20 auxiliares de coleta, que vai reforçar o serviço.