Participantes do Fórum Mundial pedem comprometimento com a universalização da água

Durante o 6º Fórum Mundial da Água, ocorrido entre 12 e 17 de março, em Marselha, na França, participantes de 140 países, representados por entidades do setor do setor de água e saneamento, executivos, organizações não governamentais e principais autoridades de governos, discutiram o futuro da gestão dos recursos hídricos e do saneamento ambiental no mundo.

 Sob o tema "Tempo de Soluções", foram avaliadas questões práticas relacionadas ao desenvolvimento sustentável do setor de água e esgoto no mundo, visando à garantia do bem-estar de todos por meio da universalização do acesso à água potável e ao saneamento.

 Ao longo dos seis dias de evento, entre palestras e mesas-redondas, um dos assuntos unânimes nas mesas de discussões foi a necessidade de haver boa governança no setor. Segundo os participantes, para isso, é fundamental que marcos regulatórios e institucionais facilitem a participação dos diversos atores públicos e privados para que seja possível perseguir o objetivo da universalização do acesso à água e saneamento.

 Segundo o diretor de Planejamento da Abdib, Giancarlo Gerli, que esteve presente no evento, é importante que os governos e autoridades competentes se envolvam com a questão da água, assumindo o compromisso de levar adiante as práticas sugeridas durante o fórum.