Obra garantirá o tratamento de esgoto em Carmo do Paranaíba

A Copasa deu início a uma das obras mais esperadas pela população de Carmo do Paranaíba. Com investimento da ordem de R$ 7,7 milhões foi iniciada a implantação de um completo sistema de esgotamento sanitário. A ordem de serviço autorizando o início imediato das obras foi assinada em solenidade no dia 12 de março, na presença do presidente da Copasa, Ricardo Simões, e do prefeito Helder Costa Boaventura.

O empreendimento prevê a implantação de mais de 3 mil metros de interceptores; 4 mil metros de redes coletoras, novas ligações prediais, além da  construção de uma moderna Estação de Tratamento que irá tratar todo o esgoto coletado em Carmo do Paranaíba.

Com capacidade para tratar mais de 4,2 milhões de litros de esgoto por dia, a ETE será composta por tratamento preliminar; 2 módulos de reatores anaeróbios de fluxo ascendente seguidos de 2 módulos de filtros biológicos e 2 módulos de decantadores; estações elevatórias para recirculação de efluente; desidratação, leito de secagem e disposição do lodo em aterro controlado.

Além da implantação do novo sistema de esgotamento sanitário, a Copasa está ampliando e modernizando todo o sistema de água da cidade, com o objetivo de garantir o abastecimento futuro da população. Com investimentos da ordem de R$ 3,9 milhões, estão sendo implantadas mais de 700 metros de novas adutoras, 3 mil metros de redes de distribuição de água e realizadas novas ligações de água para a população.


 

 

   


Segundo o prefeito de Carmo do Paranaíba, Helder Boaventura, esse sempre foi um grande sonho da população. “Com o tratamento dos esgotos, temos a certeza que conseguiremos melhorar as condições de saúde na cidade”, declarou.

O presidente da Copasa enfatizou que esse é mais um compromisso que a empresa cumpre. “Carmo do Paranaíba é mais um município que a Copasa caminha para dotar com um completo sistema de esgotamento sanitário, com 100% de tratamento de esgoto, dando plena condição de saneamento”, explicou.

Simões lembrou, ainda, que, a Copasa, quando faz investimentos em abastecimento de água e esgotamento sanitário, busca garantir melhoraria das condições de vida da população e contribuir para o desenvolvimento do município. “Isso é mais uma contribuição da Companhia no sentido de cumprir o objetivo do Estado de Minas Gerais que é fazer de Minas o melhor estado para se viver, por meio de um desenvolvimento sustentável.”, concluiu.