Contrato garante continuidade do Projeto Manuelzão para a Meta 2014 do Governo

Com o objetivo de fortalecer suas ações para atingir o melhor índice de saneamento em Minas Gerais, a Copasa, por intermédio do diretor de Meio Ambiente, Tilden Santiago, assinou nessa quinta-feira (19), contrato para prestação de serviços técnicos especializados com a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep).

Com vigência de um ano, o contrato constitui como objeto a Meta 2014, que visa a continuidade do trabalho socioambiental do programa de conservação e revitalização da bacia hidrográfica do rio das Velhas.

Desenvolvida pelo Projeto Manuelzão, sob a coordenação do professor Marcus Vinícius Polignano, do Departamento de Medicina Aplicada, da Escola de Medicina, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Meta 2014, visa a realização de ações de melhoria da qualidade e da quantidade disponível das águas do rio.

Pelo contrato, a Copasa repassará recursos da ordem de R$ 300 mil, que serão aplicados nas ações de recuperação da calha do rio das Velhas na regiões de Nova Lima, Sabará, Sete Lagoas; nas localidades situadas na sub bacia do ribeirão da Mata; nos locais de preservação e conservação da sub bacia dos rios Cipó/Paraúna e das sub bacias do rio das Velhas, envolvendo todas as prefeituras e empresas das áreas hidrográficas.