Trégua nas chuvas mantém estável cidades em emergência

Grande parte do Estado teve um pouco de alívio neste fim de semana, com a diminuição das chuvas que castigaram Minas a partir do final do ano passado. Com a volta do sol em algumas regiões, incluindo a Grande BH, o momento foi de contabilizar os estragos e seguir os trabalhos de reconstrução com mais afinco. A boa notícia fica por conta do número de municípios em situação de emergência, que se manteve estável desde sábado, 166 cidades.


De acordo com boletim da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec) divulgado na manhã desta segunda-feira (16), o número que vinha crescendo constantemente não se altera desde o sábado 14. São ao todo 228 localidades atingidas, já que 62 registraram eventos adversos sem contar com o decreto.


Até esta segunda, o Estado já registrou 3.189.071 pessoas afetadas, sendo 52.723 desalojados, 4.639 desabrigados, 168 feridos, 15 mortos e três desaparecidos. Os danos estruturais atingiram 16.636 casas com outras 639 destruídas. A situação das pontes também inspira cuidados, com 459 danificadas e 330 destruídas.


Previsão do tempo

Para os moradores da Região Metropolitana de Belo Horizonte, a previsão é de céu aberto e sol e altas temperaturas. O calor pode gerar aumento das nuvens no fim da tarde e causar pancadas de chuva. Nas regiões Central, Noroeste e Zona da Mata, céu parcialmente nublado com pancadas de chuva à tarde. A situação é um pouco mais delicada nas regiões Oeste, Triângulo Mineiro, e Sul, com céu nublado, pancadas de chuva e trovoadas.