Cesan vai investir R$ 1 mi em pesquisa de geração de energia a partir do esgoto


A sustentabilidade dos negócios de uma empresa passa impreterivelmente pela inovação tecnológica e de processos. Com essa visão de futuro a Cesan (Companhia Espírito Santense de Saneamento) firmou contrato de financiamento com a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), no valor de R$ 1 milhão para pesquisar a geração de energia elétrica a partir do processo de tratamento do esgoto sanitário.

O contrato foi assinado e encaminhado ao órgão no final de novembro e a Cesan aguarda a liberação dos recursos para iniciar os trabalhos. A pesquisa será desenvolvida durante três anos sob coordenação da Cesan com a participação do Departamento de Engenharia Ambiental da Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo). O escopo do projeto contempla o desenvolvimento de um novo tipo de Estação de tratamento de Esgoto (ETE) que faça o aproveitamento da energia química presente no próprio esgoto sanitário.

Os pesquisadores também vão buscar novas formas de geração de energia a partir da matéria orgânica presente no esgoto, além de estudarem aplicações para o aproveitamento do efluente das ETE´s como água de uso industrial, como na siderurgia, por exemplo.

O projeto acontece simultaneamente na Espanha, desenvolvido pela empresa de saneamento Aqualia, com apoio do CDTI (Centro para El Desarrollo Tecnológico Industrial). No período de realização, haverá intercâmbio e visitas técnicas dos pesquisadores de Brasil e Espanha para a troca de conhecimentos sobre os estudos. O CDTI e a FINEP são instituições parceiras no Acordo de Cooperação Tecnológica, celebrado em 2006, e de programas multilaterais em que participam os dois países.